Empresa canadense usa drone para transportar pulmão entre hospitais

Empresa canadense usa drone para transportar pulmão entre hospitais

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 15 de Outubro de 2021 às 11h30
Aditya Chinchure/Unsplash

No início de setembro, um estudo contou com a utilização de drones para levar um desfibrilador para pessoas necessitadas o mais rápido possível, superando o tempo de chegada de uma ambulância. No último dia 25, uma equipe de engenheiros da empresa canadense Unither Bioélectronique encontrou uma nova utilidade para os drones: transportar órgãos destinados a transplantes. O primeiro voo bem-sucedido levou um pulmão do Toronto Western Hospital para o Toronto General Hospital, e demonstrou eficácia, segurança e rapidez.

O voo do drone do Toronto Western Hospital levou apenas seis minutos, mas também contou com 18 meses de planejamento e preparação. Os engenheiros tiveram que desenvolver um contêiner de transporte leve, capaz de tolerar vibrações e mudanças bruscas de elevação e pressão do ar, entre outros possíveis imprevistos ambientais. A equipe treinou com pacotes fictícios, fez testes de queda e equipou o contêiner de fibra de carbono com paraquedas de emergência e sistema de GPS.

(Imagem: Robina Weermeijer/Unsplash)

Drones já transportaram órgãos de transplante antes, incluindo rins, córneas e pâncreas, mas os pulmões representavam um desafio adicional. Acontece que cerca de 80% dos pulmões doados não podem ser usados ​​devido a problemas relacionados à oxigenação insuficiente, e como qualquer órgão transplantado, o tempo é essencial. Em outras palavras, quanto mais rápido esse órgão puder ser levado ao paciente, melhor. 

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Com a primeira entrega bem-sucedida agora feita, a ideia da Unither Bioélectronique é ampliar o alcance  de seus drones e construir unidades capazes de voar de 160 km a 320 km para distribuir pulmões, corações e rins em toda a América do Norte. 

Para ver o drone em ação, assista ao vídeo da CBC News (The National), logo abaixo.

Fonte: Gizmodo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.