Porto Alegre começa a testar pulverização via drone para prevenção da COVID-19

Por Natalie Rosa | 31 de Março de 2020 às 15h15
Reprodução: Jefferson Bernardes/PMPA

A prefeitura de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, está adotando uma nova medida no combate ao novo coronavírus. Na última terça-feira (24), a cidade começou a testar a pulverização das ruas com a ajuda de um drone, capaz de transportar até 10 litros de desinfetante à base de cloro.

A iniciativa faz parte de uma parceria entre a prefeitura de Porto Alegre, Pacto Alegre e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), além de diversas empresas de inovação. O primeiro teste foi realizado no Parque Harmonia e, de acordo com o coordenador do Pacto Alegre, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, os drones trazem uma vantagem nessa missão por serem pequenos, mapeáveis e por não colocar as pessoas em risco.

Imagem: Reprodução/Jefferson Bernardes/PMPA

Nadya Pesce, engenheira química do Instituto de Química da UFRGS, disse ter desenvolvido com sua equipe um produto exclusivo para a pulverização. "A gente fez uma revisão bibliográfica e chegamos à conclusão que produtos à base de cloro teriam uma atividade interessante, principalmente aqueles que se assemelham aos desinfetantes domésticos, pois eles não liberam cloro gasoso ao ambiente", conta a especialista.

Porto Alegre, agora, atua com o objetivo de conseguir controlar o avanço dos casos de COVID-19 com a ajuda da tecnologia, usando o drone para a pulverização de parques, pontos de ônibus, áreas de difícil acesso e outros locais com alta circulação de pessoas. Até o fechamento desta nota, a capital do Rio Grande do Sul contava com 195 casos de contaminação pelo novo coronavírus.

Fonte: G1

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.