Como o filtro de luz azul pode proteger sua visão enquanto você assiste a TV?

Como o filtro de luz azul pode proteger sua visão enquanto você assiste a TV?

Por Fidel Forato | 19 de Dezembro de 2020 às 08h00
Divulgação/ LG

Quantas horas você passa em frente a uma tela? Muito provavelmente, mais de oito horas por dia, se trabalha usando um computador. Depois, para descansar, muita gente ainda migra para uma outra tela, a da televisão, e passa mais algumas horas colocando em dia as últimas séries e filmes do streeming. Toda essa exposição a aparelhos luminosos pode fazer mal e, entre os fatores, está a conhecida luz azul. Até então, uma série de aparelhos trazia opções para filtrar este tipo de luz e, agora, as TVs também começam a apostar na tecnologia para mitigar esses efeitos, como as da LG.

Vale lembrar que, de forma geral, assistir a um filme ou passar algum tempo na frente da TV não faz mal, mas o excesso de luz, sim, pode ser responsável por danos à saúde. Isso porque esses aparelhos eletrônicos emitem a luz azul, que pode causar, por exemplo, insônia. Por causa disso, opções como modo noturno, tanto em apps quanto em dispositivos móveis e alguns televisores, se popularizaram tanto. Afinal, uma boa noite de sono não faz mal a ninguém.

Luz azul também pode trazer prejuízos para quem passa horas na frente da televisão (Imagem: Divulgação/ LG)

Como a luz azul afeta nossa visão?

Para entender como a luz azul pode afetar a saúde dos olhos, o Canaltech conversou o médico oftalmologista do corpo clínico do Hospital de Olhos de São Paulo (H.Olhos), Dr. Alfredo Pigatin. De acordo com o médico, para sermos corretos com a terminologia, devemos nos referir ao espectro violeta da luz azul e, não simplesmente, à luz azul, já que, por si só, a luz azul pode, sim, trazer benefícios para o corpo humano.

"Nossa visão se forma quando fazemos uma depuração dos vários comprimentos de luz que existem", lembra Pigatin. Dentro daquilo que o olho humano consegue captar e interpretar, "você tem um espectro de visão, que não é nocivo para a visão humana, e está entre o infravermelho [luz IR] e o ultravioleta [luz UV]. Nesse caso, a luz azul-violeta vai estar próxima do ultravioleta", completa. Vale comentar que, especificamente para os olhos, a luz ultravioleta é extremamente nociva e pode causar até mesmo cegueira em casos extremos.

"O azul da luz tem uma parte benéfica para o organismo, que é o azul-turquesa. Ele faz parte do nosso ciclo circadiano [o relógio biológico do corpo]. Esse estímulo de luz mexe com a nossa produção hormonal. Já a luz emitida por aparelhos eletrônicos fica no espectro de azul-violeta", explica o oftalmologista sobre a parte considerada nociva.

Estratégias para filtrar a luz azul melhoram a visão do usuário (Imagem: Jandré van der Walt/Unsplash)

Por outro lado, "a luz azul-violeta, por exemplo, inibe a produção de melatonina [hormônio que induz ao descanso], então, você acaba dormindo mal por causa desse estímulo. Dormindo mal você vai ficar irritado, sonolento, com o humor alterado e menor capacidade de memória", comenta o médico. Além disso, existem alguns trabalhos científicos que correlacionam o espectro do azul-violeta com maior índice de miopia em crianças e ainda pode ocasionar secura nos olhos.

Dessa forma, medidas que diminuem a incidência da luz azul-violeta no olho humano são bastante benéficas e úteis. "O filtro da luz azul é programado para atuar somente sobre o aspecto nocivo para o nosso olho, filtrando a parte do azul-violeta", conclui o oftalmologista. Entre opções já disponíveis desses filtros, estão lentes especiais para óculos e até mesmo a nova tecnologia para televisores da LG.

TVs com filtro para luz azul

Para proteger a visão dos usuários, alguns modelos de televisores da LG — tanto OLED quanto NanoCell — são equipados com um dispositivo chamado Eye Comfort e que funciona como um filtro, diminuindo quase pela metade a emissão de luz azul. Recentemente, a tecnologia obteve dois selos de reconhecimento internacional, o TUV Rheinland e o UL – verifyUL.

Em análises para obter o certificado, verificou-se que a luz produzida pelos painéis da LG consiste em apenas 34% de luz azul, o que é significativamente inferior ao limite de 50%. Além disso, a porcentagem verificada é quase 50% menor que a de um painel LCD. Para isso, "ativando o Eye Comfort Mode na TV, a temperatura de cor da tela será ajustada automaticamente para reduzir os danos aos olhos", completa o gerente de produtos de TV da LG, Igor Krauniski.

"Após muitos estudos para trazer o melhor para nossos consumidores, a LG lançou a tecnologia Eye Comfort, que contém menos luz azul, onde as cores são 'recriadas' a partir da luz branca e, em seguida, filtradas para obter vermelho, verde e azul em cada pixel", explica o gerente.

Canaltech no YouTube

A longa exposição à luz azul, emitida pelas telas de aparelhos eletrônicos, pode causar prejuízos à saúde e afetar a qualidade do sono. Saiba porque isso acontece e veja quais recursos, presentes nos dispositivos, podem ajudar nessa questão. Assista ao vídeo DORMIR COM A TV LIGADA FAZ MAL? LUZ AZUL ATRAPALHA? MODO NOTURNO AJUDA? e se inscreva no Canaltech no YouTube.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.