Cientista que modificou bebês geneticamente está desaparecido

Por Wagner Wakka | 04 de Dezembro de 2018 às 17h40

He Jiankui está desaparecido. Ele é o cientista que afirma ter modificado geneticamente um casal de bebês, tornando-os imunes ao HIV. Segundo reportagem do jornal South China Morning Post, ele não é visto desde o último dia 28, quando falou na Segunda Conferência Internacional em Edição de Genoma Humano, em Hong Kong. A suspeita é de que ele tenha sido detido pelo governo chinês.

Outro veículo, o Apple Daily, também chinês, afirma que Jiankui havia sido chamado à Universidade de Ciência e Tecnologia do Sul, em Shenzhen. Ele trabalhava na instituição, mas havia tirado licença para viajar para o Congresso. Informações extra-oficiais apontam que ele está em prisão domiciliar no campus da universidade com guardas que o impedem de sair da região.

O cientista afirmou no último dia 26 que havia modificado geneticamente um conjunto de bebês em um experimento que a Universidade de Ciência e Tecnologia do Sul não reconhece. Jiankui disse que usou uma técnica nova que permite alteração de genes do corpo humano, editando embriões soropositivos para terem resistência ao vírus HIV. Por conta de polêmicas, o chinês informou que iria fazer uma “pausa” nos experimentos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Apesar disso, ele já afirmou que há outra gestante que deve receber um novo bebê modificado em breve. Por questões de segurança, ele não quis revelar o nome dos pais desta nova criança. Segundo Jiankui, ao menos oito famílias trabalharam com ele em prol da pesquisa, sendo que uma delas desistiu do processo. Os casais teriam concordado com a modificação genética, pois apesar de as mães serem soronegativas, todos os pais são positivos, o que aumenta a probabilidade de o bebê também contrair a doença (atualmente, há técnicas que permitem a inseminação segura). A alteração genética tem como objetivo exatamente evitar que os bebês contraiam o HIV.

Até o momento não há uma informação oficial sobre o paradeiro de Jiankui. Contudo, o protocolo de detenção de pessoas sem aviso prévio e com desaparecimento é comum na China. Recentemente, o governo manteve a atriz Fan Bingbing ao menos por dois meses em detenção sob acusação de sonegar impostos.

Fonte: SCMP

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.