Cannabis altera microbioma oral e pode impactar saúde cerebral, diz estudo

Cannabis altera microbioma oral e pode impactar saúde cerebral, diz estudo

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 07 de Dezembro de 2021 às 17h19
ckstockphoto/envato

Um estudo conduzido por pesquisadores da Medical University of South Carolina (EUA) buscou compreender como a cannabis afeta o microbioma oral, ou seja, os microrganismos que desempenham um papel fundamental na manutenção da saúde bucal. Os cientistas descobriram que a substância causa distúrbios na mucosa oral que podem levar à migração de bactérias para o sistema circulatório, onde podem influenciar o sistema imunológico.

Os cientistas examinaram a saliva de usuários de cannabis e fizeram comparação com fumantes de tabaco e não-fumantes, e notaram alterações na família de bactérias A. meyeri. De acordo com o artigo, essas mudanças acabam impactando a saúde do cérebro, por conta do acúmulo de proteína beta-amiloide, que é tóxica e frequentemente associada ao Alzheimer.

Normalmente, a presença de células imunológicas no cérebro pode acarretar uma inflamação, mas inesperadamente, o estudo não encontrou nessas bactérias uma resposta inflamatória. Os pesquisadores ressaltam que a disfunção cerebral pode ocorrer sem os sinais inflamatórios convencionais, que ajudam a chegar ao diagnóstico.

Cannabis altera microbioma oral e pode impactar saúde cerebral, segundo estudo dos EUA (Imagem: Roberto Valdivia/Unsplash)

De acordo com os envolvidos no estudo, o uso de cannabis poderia, a grosso modo, levar ao desenvolvimento de Alzheimer, mas também ajudar pessoas que já têm a doença. Tudo depende da frequência, duração e intensidade do uso de cannabis. Apesar dos indicativos, ainda são necessários estudos mais aprofundados sobre o assunto.

Fonte: EBioMedicineMedical University of South Carolina

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.