Brasil registra 1,5 milhão de casos de COVID-19 e 42 mil confirmações em 24h

Por Fidel Forato | 03 de Julho de 2020 às 18h55
Pixabay

Segundo as informações médicas compartilhadas pelas secretarias de saúde dos estados, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) atualiza a situação do Brasil no combate ao novo coronavírus (SARS-CoV-2) nesta sexta-feira (3). Até o momento, 1.539.081 casos da COVID-19 foram notificados no país, sendo que 42.223 são registrados feitos nas últimas 24h.

No total, são 63.174 óbitos acumulados em decorrência da infecção respiratória, sendo 1.290 novos registros feitos nas últimas 24h. No entanto, isso não significa que as mortes aconteceram, exatamente, de ontem para hoje — somente que foram notificados nesse intervalo.

A taxa de letalidade da doença no Brasil é de 4,1%. Já a taxa de mortalidade no país é de 30,1 para cada 100 mil habitantes, enquanto a de incidência da infecção respiratória é de 732,4 para cada 100 mil pessoas. Entretanto, 852.816 pacientes (cerca de 55%) já tinham se recuperado da COVID-19 até ontem (2), segundo o Ministério da Saúde. 

Brasil registra mais de 1,5 milhão de casos do novo coronavírus (Imagem: reprodução/ Conass)

No globo, o Brasil é a segunda maior nação em número de casos totais da COVID-19 e em óbitos pela doença respiratória. Nas duas posições, está atrás apenas dos Estados Unidos, com 2,87 milhões de casos confirmados e 131,9 mil mortes, segundo os dados armazenados pela plataforma Worldometer. Em terceiro lugar, está a Rússia, com 667 mil casos e 9,8 mil mortes.

Pelo mundo mais de 11,1 milhões de pessoas já foram contaminadas, sendo que 527 mil morreram em decorrência da infecção. Entretanto, 6,2 milhões sobreviveram a essa doença, ou seja, mais da metade dos infectados, segundo as informações agrupadas pela mesma plataforma.

COVID-19 nos estados

No total, quatro estados brasileiros ultrapassam a marca dos 100 mil casos da doença respiratória. Entre eles, São Paulo registra os maiores números totais desde a chegada do coronavírus em fevereiro. São 319.702 casos da COVID-19 e 15.694 mortes acumuladas até hoje. Em seguida, o estado do Rio de Janeiro notifica 118.956 contaminados pelo coronavírus, sendo 10.500 mortos. O Ceará conta com 118.041 casos e 6.351 óbitos, enquanto o Pará registra 110.411 casos e 5.050 mortos. 

Além desses, oito outros estados ou distritos registram mais de 50 mil casos confirmados do novo coronavírus, cada. São eles: Maranhão (88.214 casos e 2.13 mortes); Bahia (82.314 casos e 2.001 mortes); Amazonas (74.537 casos e 2.887 mortes); Pernambuco (62.362 casos e 5.068 mortes); Distrito Federal (53.996 casos e 643 mortes); Minas Gerais (53.351 casos e 1.110 mortes); Espírito Santo (51.689 casos e 1.758 mortes); e Paraíba (50.765 casos e 1.062 mortes). 

Em situação bastante diferente desse quadro, apenas um estado brasileiro continua a notificar menos de 10 mil casos. É o Mato Grosso do Sul, com apenas 9.388 casos e 107 mortes.

A seguir, confira a lista completa do Conass com casos e óbitos da COVID-19 entre os estados do país:

Mato Grosso do Sul é o único estado no Brasil a registrar menos de 10 mil casos da COVID-19 (Imagem: reprodução/ Conass)

Quanto à situação nacional do coronavírus, o Ministério da Saúde divulga na plataforma SUS Analítico traz atualizações diárias sobre a epidemia, incluindo casos confirmados, pacientes recuperados e óbitos acumulados pela doença respiratória no Brasil. Para acessar, clique aqui.

Segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde, o Brasil registra mais de 1,5 milhão de casos da COVID-19, sendo 63 mil óbitos pela doença até agora. Entre os estados, Mato Grosso do Sul é a região com menos contaminados e óbitos do país

Fonte: Conass e Ministério da Saúde

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.