Antártida acaba de se tornar o último continente a registrar casos de COVID-19

Por Natalie Rosa | 23 de Dezembro de 2020 às 17h00
Reprodução: Derek Oyen/Unsplash

A Antártida acaba de se tornar o último continente a contar com casos de coronavírus, tendo permanecido todos esses meses ileso da pandemia. Foram detectadas 36 pessoas infectadas, todas habitando a base de pesquisa chilena Bernardo O'Higgins, sendo 26 deles pesquisadores e 10 funcionários de manutenção.

Em nota à imprensa, o Exército do Chile disse que contou com a oportunidade de entrar com uma ação preventiva, conduzindo os testes de PCR para identificar a COVID-19. Todos os infectados já deixaram a base e retornaram ao Chile, todos passam bem e estão em quarentena.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/Angie Agostino/Pixabay

Além dos 36 infectados, foi noticiado anteriormente que três outras pessoas que levavam suprimento de navio à base tiveram o diagnóstico positivo. O Chile, por sua vez, é o sexto país da América do Sul mais afetado pela COVID-19, registrando mais de 580 mil casos.

Após a declaração de pandemia, a Antártida interrompeu todos os projetos de pesquisa que aconteciam pelo continente. Mas durante o inverno, estação que mais traz risco de propagação do vírus, cerca de mil pesquisadores e visitantes permaneceram isolados na região, que não tem residentes permanentes.

Fonte: BBC, The Guardian

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.