África do Sul detecta nova variante do coronavírus, chamada C.1.2

África do Sul detecta nova variante do coronavírus, chamada C.1.2

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 31 de Agosto de 2021 às 12h40
Fernando Zhiminaicela/Pixabay

Nesta terça-feira (31), cientistas da África do Sul detectaram uma nova variante do coronavírus, que ganhou o nome de C.1.2. Por enquanto, ainda não dá para saber se ela é mais contagiosa ou se é mais resistente às vacinas.

Essa variante já se disseminou na maioria das províncias sul-africanas e em sete outros países da África, Europa, Ásia e Oceania. O que se sabe, por enquanto, é que a C.1.2 contém muitas mutações associadas a outras variantes com uma transmissibilidade acentuada e uma sensibilidade reduzida a anticorpos neutralizadores.

(Imagem: kjpargeter/Freepik)

Ainda assim, é válido observar que os cientistas ainda não têm certeza de como essas mutações afetam o comportamento do vírus. Para descobrir mais informações, os pesquisadores estão conduzindo testes de laboratório. A ideia é principalmente entender o mais rápido possível o quanto a variante é neutralizada por anticorpos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Segundo Richard Lessells, especialista em doenças infecciosas e um dos autores da pesquisa sobre a C.1.2, o surgimento da variante mostra que "esta pandemia está longe do fim e que este vírus ainda está explorando maneiras de possivelmente ficar melhor em nos infectar".

Fonte: Agência Brasil

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.