A ciência está tentando criar um contraceptivo masculino natural e não tóxico

Por Nathan Vieira | 03 de Março de 2021 às 16h00
Reproductive Health Supplies Coalitio

O anticoncepcional voltado ao corpo feminino já existe no mercado há muitos anos. No entanto, ainda não há um anticoncepcional masculino nas prateleiras das farmácias. Mas será que isso está para mudar? Acontece que a ciência está apostando justamente nisso: uma colaboração entre cientistas chineses e americanos desenvolveu um agente anticoncepcional que eles afirmam ser reversível, não hormonal e que se mostrou como não tóxico em camundongos e macacos.

“Não há anticoncepcionais masculinos não hormonais atualmente no mercado, apesar de décadas de esforços para o desenvolvimento de pílulas masculinas. Relatamos que o triptonida, um composto natural purificado da erva chinesa  Tripterygium Wilfordii Hook F,  mostra efeitos contraceptivos masculinos reversíveis em camundongos e macacos", escrevem os autores do estudo, que foi publicado na Nature Communications . 

Triptonide atrai a atenção de especialistas por suas habilidades contraceptivas desde os anos 2000, quando um artigo sugeriu que o composto reduz diretamente a produção de esperma. Produzido pela videira Thunder Duke, o triptonida é parte de uma série de compostos clinicamente relevantes que foram isolados da planta. Os exemplos incluem triptólido, que tem usos potenciais na doença renal policística e câncer no pâncreas.

A ciência está tentando criar um contraceptivo masculino natural e não tóxico (Imagem:  Reproductive Health Supplies Coalition / Unsplash)

No estudo, os pesquisadores usaram o triptonida para testar a segurança e eficácia em animais. O estudo envolveu camundongos e 12 macacos cynomolgus adultos machos saudáveis. Após uma única dose diária de triptonida, os camundongos e macacos demonstraram quase 100% de deformação do esperma, tornando-os inférteis temporariamente. No entanto, a fertilidade foi restaurada assim que a dosagem parou após algumas semanas, sugerindo que o composto é reversível. Após a análise dos órgãos vitais, nenhum efeito colateral foi observado nos animais.

Os testes ainda são preliminares em animais, e ainda exigem alguns passos até que venham a ser realizados em seres humanos. No entanto, os resultados já oferecem esperança para muitos que aguardam ansiosamente um método contraceptivo masculino.

Fonte: Nature Communications via IFL Science

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.