68 anos! Conheça a história do homem com a maior crise de soluço do mundo

68 anos! Conheça a história do homem com a maior crise de soluço do mundo

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 22 de Julho de 2021 às 14h15
Darko Djurin/Pixabay

Você provavelmente já teve soluços ao longo da vida, certo? Alguns minutos de soluço são suficientes para deixar qualquer um emburrado. Mas já pensou soluçar por nada menos que 68 anos seguidos? Pois foi isso que aconteceu com Charles Osborne, que foi parar até no Guinness Book.

Em 1922, Charles Osborne passou a ter soluços constantes. Por algumas décadas, ele teve em torno de 40 soluços por minuto, mas com o passar do tempo, desacelerou para 20 soluços por minuto. No final de sua vida, Osborne foi forçado a se alimentar apenas com coisas pastosas ou líquidas, pois era incapaz de engolir a comida inteira entre soluços.

Charles sempre acreditou que seus soluços foram causados ​​por uma excêntrica ocasião em que tentou pesar um porco de 158 kg e acabou caindo. Seu médico lhe disse alguns anos depois que, nessa queda, Osborne acabou rompendo um vaso sanguíneo em seu cérebro, danificando a parte que inibia sua resposta ao soluço. 

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Osborne teria rompido um vaso do cérebro, segundo seu médico, e por isso os soluços constantes (Imagem: twenty20photos/envato)

Os soluços do homem pararam apenas em fevereiro de 1990, sem razão aparente. Um ano depois, no entanto, Osborne acabou morrendo.

Fonte: IFL Science

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.