Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

China cria exército de cães-robôs equipados com armas

Por| Editado por Luciana Zaramela | 28 de Maio de 2024 às 18h55

Link copiado!

Reprodução/CCTV
Reprodução/CCTV

Nos últimos dias, o Exército da China compartilhou trechos de um exercício de treinamento militar no Camboja, com dois mil soldados. Entretanto, o que impressiona não são os humanos, mas, sim, as novas armas de guerra. Isso inclui dois tipos de cães-robôs, sendo que um deles é equipado com um rifle automático, além de novos drones.

Entre os robôs que mais causam espanto na demonstração militar, está um cão robô que pesa cerca de 50 kg capaz de disparar um rifle semiautomático em um alvo. A máquina também pode caminhar, saltar ou se mover para trás.

O outro modelo de robô semelhante a um cachorro é mais leve, com cerca de 15 kg. Entretanto, este é dotado de câmeras para obter uma percepção 4D do espaço, o que confere a capacidade de transmitir informações e alertar sobre obstáculos para a equipe de comando, sem colocar em risco nenhum militar humano. 

Continua após a publicidade

A seguir, veja as imagens da ação (que não foram planejadas pelos autores da série Black Mirror), divulgadas pela Televisão Central da China (CCTV):

O vídeo do exército de cães-robôs que viralizou nas redes sociais é parte do exercício militar conjunto entre os militares da China e do Camboja, conhecido como GoldenDragon 2024, que será concluído na quinta-feira (30). 

Cães-robôs da China

Em relação ao cão-robô que fornece informações sobre o campo de batalha durante uma ação militar, o soldado Yang Shengzhi reforça que “ele pode fornecer uma transmissão em tempo real de imagens de reconhecimento para os postos de comando". Uma das vantagens é a autonomia de 2 a 4 horas, quando está com a bateria completa.

Enquanto isso, o outro cão-robô “pode servir como um novo membro em nossas operações de combate urbano, substituindo nossos soldados [humanos] para realizar reconhecimento e identificar o inimigo e atingir o alvo”, afirma o soldado Chen Wei.

Exercício militar da China

Na última parte do vídeo, é possível observar a nova geração de drones do exército chinês. Ali, está um rifle automático montado sob um drone aéreo, com a capacidade de abater um número impensável de inimigos em campo. Também existem drones de carga e de reconhecimento.

Continua após a publicidade

Diferente do que propõe a China com essa demonstração de força militar, que já foi repetida por forças militares de outros países também, a Boston Dynamics e outras cinco empresas fabricantes de robôs já assinaram um termo de compromisso antiarmamentista nos seus produtos.

Fonte: CCTV