Netflix vê ações subirem 11% após revelar receita do terceiro trimestre

Por Claudio Yuge | 17 de Outubro de 2019 às 08h15
aawsat
Tudo sobre

Netflix

Saiba tudo sobre Netflix

Ver mais

Embora o mercado e a própria Netflix venham projetando uma grande divisão de fatia do mercado com a chegada de novos serviços de streaming de peso, a exemplo do Apple TV+ e do Disney+, a companhia ainda segue faturando alto e, após o anúncio dos ganhos no terceiro trimestre deste ano, suas ações subiram 11% na Bolsa de Valores de Nova Iorque.

A receita total entre julho, agosto e setembro foi de US$ 5,244 bilhões — pouco menos do que os US$ 5,248 bilhões previstos pelos analistas para o período. O lucro por ação foi US$ 1,47 (era esperado US$ 1,04). A arrecadação líquida foi de US$ 655 milhões (a previsão era de US$ 573,75 milhões) e mais 6,8 milhões de assinantes, quando o mercado aguardava por algo entre 6,8 milhões e 7 milhões.

(Imagem: Reprodução/Yahoo Finance)

A Netflix projeta um crescimento global 7,6 milhões de assinantes no quarto trimestre, com um total de 26,7 milhões de adições líquidas no ano — um pouco abaixo dos 28,6 milhões de 2018. Com isso, seus papeis, que vêm caindo bastante desde julho (saíra de US$ 381 em julho para US$ 254,59 no final de setembro), viram uma alta de US$ 257,43 no dia 9 deste mês para US$ 286,28 nesta quarta-feira (16).

Empresa prevê forte concorrência no setor de streaming

Como todo mundo, a própria Netflix abordou o impacto do aumento da concorrência no streaming nos próximos meses. "O lançamento desses novos serviços será barulhento. Pode haver alguma contração moderada do nosso crescimento no curto prazo, e tentamos incluir isso em nossa orientação", disse em comunicado à imprensa.

Antes do relatório de resultados, investidores e analistas estavam preocupados com a capacidade da empresa de adicionar novos assinantes após o forte declínio nos Estados Unidos durante o segundo trimestre. Por enquanto ações da Netflix estão em torno de 7% acima de 2018, no acumulado do ano.

Fonte: Business Insider, Yahoo Finance  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.