Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Versão web do Threads chega nos próximos dias, confirma Zuckerberg

Por| 22 de Agosto de 2023 às 10h57

Link copiado!

Divulgação/Meta
Divulgação/Meta

Demorou, mas vai chegar: a versão web do Threads finalmente será liberada pela Meta ainda nesta semana. A confirmação veio de ninguém menos que do CEO da empresa, Mark Zuckerberg, em postagem feita na própria plataforma. Até hoje, a rede na web opera apenas no “modo leitura”, ou seja, não é possível curtir ou comentar uma postagem nem sequer fazer login.

Na postagem para confirmar a novidade, Zuckerberg brinca com uma antiga foto sua, dos tempos da faculdade, quando ainda desenvolvia o Facebook. A imagem mostra uma tela do Threads foi colada à tela do computador e traz a seguinte legenda: “imagem real minha construindo o Threads para web. Lançamento nos próximos dias”.

Continua após a publicidade

Confirmado

A postagem de Zuckerberg confirma uma informação vazada ontem (21) por informantes, de que a rede social enfim ganharia uma versão funcional na web nesta semana. Apesar de não dizer quando exatamente, o executivo oficializa o lançamento e deixa todos em alerta para a sua chegada de fato.

Também nesta terça, a Meta revelou como será o visual da rede social funcional na web. Na prática, a novidade não altera em nada o visual de quem acessa qualquer perfil hoje pelo navegador, mas adiciona alguns elementos — são cinco abas acessíveis por meio de botões na parte de cima, por exemplo.

Apesar da novidade, nem todas as funções do Threads estão disponíveis pela web: ao menos num primeiro momento, não será possível editar o seu perfil de usuário nem acessar as DMs do Instagram. Contudo, é de se apostar que tais funções chegarão em um futuro não tão distante.

Reforçando a briga com o Twitter

A confirmação da chegada da versão web do Threads joga um pouco de lenha na fogueira entre Twitter/X e Threads e tem potencial de dar um novo gás à rede da Meta. Vale destacar, porém, que a estimativa é de que a audiência do “Twitter do Instagram” caiu incríveis 79% ao longo do seu primeiro mês de lançamento.

Poder usar tudo da web pode ajudar a controlar esse “sangramento”, mas nem de longe parece o suficiente para colocar o Threads de fato na briga contra a rede de Elon Musk. Resta esperar para ver qual o impacto do lançamento nos números.