Twitter promete corrigir problemas com a nova fonte para usuários de Windows

Twitter promete corrigir problemas com a nova fonte para usuários de Windows

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 16 de Agosto de 2021 às 13h38
Brett Jordan/Pexels

Na semana passada, o Twitter levou sua nova fonte, a Chirp, para todo mundo na web e nos apps mobile — e a mudança deu o que falar entre usuários. A versão web foi um dos principais alvos de críticas da comunidade e, aparentemente, um problema no novo estilo deixava os tuítes quase ilegíveis para quem acessava a rede pelo Windows.

Felizmente, na sexta-feira (13), a plataforma sinalizou que trabalha em uma correção, mas não deu detalhes sobre o defeito.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Se observada a publicação oficial da companhia, as queixas relacionadas à nova fonte são variadas — e boa parte delas fala sobre legibilidade. Usuários mencionam que a nova fonte causa dores de cabeça, é compacta demais e apresenta efeito de serrilhado bem evidente em monitores maiores.

Contudo, nem tudo foi ruim, já que usuários também fizeram elogios à Chirp. No app para celular, a nova fonte se adaptou bem à grande densidade de pixels, mas no PC a situação é realmente diferente. Neste caso, o usuário tende a consumir conteúdo com os olhos mais distantes do display e os monitores costumam ser bem maiores. Uma solução interessante sugerida pela comunidade é que a versão web permita escolher a fonte preferida, bem como a plataforma faz para as cores de fundo e de destaque.

Quando foi anunciado no início do ano, a Chirp era pensada para adicionar mais expressividade às publicações, incluindo dar a impressão de ser “imperfeita”. Porém, a imperfeição não pode ser grande o suficiente a ponto de tornar o conteúdo ilegível, não é? Por enquanto, não há previsão para a correção, mas é bom torcer que solucione as queixas mais recorrentes.

Fonte: Twitter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.