TikTok permitirá login em outros sites usando credenciais da rede social

TikTok permitirá login em outros sites usando credenciais da rede social

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 06 de Maio de 2021 às 16h55
Pixabay

O TikTok começa a trilhar um caminho semelhante aos de Facebook e Instagram para aprimorar o relacionamento com aplicativos de terceiros. Sabe quando você abre um site e vê a opção “Fazer Login com o Facebook”? Então, isso é o que deve começar a acontecer a partir de agora com a rede social chinesa.

A empresa anunciou nesta quinta-feira (6) dois novos conjuntos de ferramentas para desenvolvedores de apps: o Login Kit e o Sound Kit. O objetivo é permitir que usuários de sites e serviços em dispositivos móveis possam se autenticar por meio dos dados do TikTok. Essa novidade também vai autorizar o compartilhamento de vídeos, músicas e sons da plataforma social em outros programas.

Hoje, a rede já oferece a possibilidade de enviar fotos e vídeos para fora, mas a nova experiência vai mais além. Os chamados SDK (kits de desenvolvimento de software, em português) trazem mais opções para tornar a rede social não apenas um destino de compartilhamento, mas uma experiência integrada com serviços de terceiros.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Login via TikTok

O Login Kit, como o nome sugere, vai habilitar a entrada rápida em outros sites a partir dos dados do perfil do TikTok. Uma vez conectado, o usuário poderá acessar seus vídeos e outros materiais diretamente da rede. Por enquanto, o SDK não fornece acesso a lista de amigos, mas isso pode mudar futuramente.

Quando os usuários fazem login nesses aplicativos por meio de suas credenciais do TikTok, eles recebem um aviso que solicita permissões adicionais. Caso autorize, o serviço em questão pode ler as informações de perfil e acessar os vídeos. Se a ideia for compartilhar as criações nos outros serviços, será necessário transformar todos os materiais particulares em públicos.

Usuário do Snack pode tentar conquistar o par com os vídeos do TikTok (Imagem: Reprodução/TikTok)

Um aplicativo de namoro chamado Snack vai usar o kit de login para permitir que as pessoas hospedem suas produções no serviço. Assim, as outras pessoas poderão ver os seus conteúdos produzidos e decidir se eles ajudam (ou atrapalham) no match.

Outro exemplo é o Burple, um serviço de compartilhamento de críticas gastronômicas sobre restaurantes e alimentos. Com o login integrado, o conteúdo produzido para o TikTok fica liberado para uso nesta plataforma também, que pode ter mais visualizadores interessados no tema.

Entram na primeira leva o site de jogos Allstar, o app anti-ansiedade Breathwrk e os sites de relacionamento Lolly, MeetMe,Monet, Swipehouve e EME Hive. A ferramenta de criação Streamlabs, muito popular na Twitch, também começa a adotar a entrada com o perfil tiktoker.

A chegada mais notável deve ser o game PUBG, que também usará o recurso, porém apenas focado no login. Uma plataforma de NFT em desenvolvimento chamada Neon também terá o novo sistema de credenciais.

Músicas e sons do TikTok

Uma das coisas mais populares do TikTok são as músicas, que geram dancinhas hilárias ou sensuais, e o conjunto de sons usados nas publicações. Para se ter ideia, muitos memes em vídeo atuais usam conteúdos que vieram de lá. Neste aspecto, o Sound Kit deve ser uma baita adição.

Este novo SDK permite que cantores, artistas e criadores transportem seus sons personalizados e músicas originais de um aplicativo de terceiros para o TikTok. Ele funcionará de forma integrada ao kit de login e deve enriquecer ainda mais a biblioteca sonora do app.

Com o Sound Kit, dá para importar sons de outros serviços (Imagem: Reprodução/TikTok)

Vale ressaltar que os direitos autorais das músicas e sons originais continuam sendo aplicados normalmente no TikTok. Os usuários devem tomar cuidado para não violar regras, o que ensejaria punição. Por outro lado, os artistas poderão usar a rede para divulgar seus trabalhos e conseguir novos fãs em potencial.

Por enquanto, quem saiu na frente na adoção do novo sistema é o Audiobridge, a suíte de criação de músicas LANDR, o aplicativo de músicas focado em hip hop Rapchat e um futuro serviço de remixagem e gravação de áudio chamado Yourdio.

O TikTok explica que priorizou quem já usava a SDK Share to TikTok (compartilhe no TikTok, em português) para estes novos lançamentos. Os demais foram selecionados a partir da análise da rede com base em critérios específicos, como capacidade de integração dos serviços e usabilidade dos vídeos de forma prática — isso explica porque tantos sites de relacionamentos e encontros foram selecionados.

As documentações dos kits já estão liberadas na página de desenvolvedores do TikTok (Imagem: Reprodução/TikTok)

Por enquanto, o serviço está restrito a empresas dos Estados Unidos, mas, dado o sucesso do TikTok pelo mundo, inclusive no Brasil, não será surpresa se apps brasileiros aderirem aos kits.

O que se pode afirmar é que este é o passo importante para o fortalecimento da marca. Com as novas ferramentas, é bem provável que as pessoas comecem a produzir ainda mais conteúdos — e cada vez mais diversificados — na rede social. O jeito é aguardar por mais novidades da Bytedance, proprietária do TikTok.

O que você achou dessas novidades? Pretende usar o login do TikTok em outros serviços? Deixe sua opinião nos comentários a seguir.

Fonte: TikTok, TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.