Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Threads deve chegar à Europa e permitir uso sem login

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 04 de Dezembro de 2023 às 12h28

Link copiado!

Dave Adamson/Unsplash
Dave Adamson/Unsplash

O Threads pode estar prestes a chegar à Europa com um recurso bastante pedido, o de acessar perfis sem login na rede social. A novidade faria parte de um pacote de recursos em desenvolvimento pela Meta para atender às legislações de privacidade do continente.

O pacote de novidades também desvincula a conta do Threads do perfil no Instagram, permitindo que a conta na rede social de texto seja apagada individualmente. Por outro lado, essa mudança não funcionaria no sentido oposto, com um perfil na plataforma de imagens e vídeos ainda sendo necessário para quem quiser se cadastrar no rival do Twitter.

As mudanças foram antecipadas pelo jornal estadunidense The Wall Street Journal e são encaradas como a maior evolução do Threads desde seu lançamento. Além do público em si, com um potencial de mais de 40 milhões de pessoas na União Europeia passando a ter acesso ao app, as alterações também reforçam a privacidade da plataforma.

Continua após a publicidade

Enquanto as novas medidas seriam dedicadas às normas de privacidade da União Europeia, a expectativa é que elas estejam disponíveis também em outros territórios — como já aconteceu com a desvinculação de perfis entre as duas plataformas da Meta. De acordo com os relatos ainda não confirmados pela companhia, o lançamento no Velho Continente estaria marcado para dezembro.

Hashtags a caminho do Threads

Em outros desenvolvimentos, não relacionados à chegada à Europa, o Threads também estaria testando o uso de hashtags nas postagens. A adição aproxima a rede social ainda mais do X, antigo Twitter, e reforça seu ideal de servir como uma alternativa à plataforma baseada em textos diante do descontentamento dos usuários com as decisões tomadas por seu atual dono, Elon Musk.

Continua após a publicidade

As hashtags vem sendo testadas nas últimas semanas por usuários do Threads na Austrália e, de acordo com Mark Zuckerberg, CEO da Meta, devem chegar a todos os usuários em breve. O funcionamento é o mesmo de outras redes sociais, com as palavras-chave servindo como agregadora de postagens sobre um tema e elemento central para as buscas sobre um determinado assunto.

Fonte: The Wall Street Journal