Super Follow do Twitter terá botão e contador exclusivos

Super Follow do Twitter terá botão e contador exclusivos

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 26 de Maio de 2021 às 09h54
Reprodução/Free Photos (Pixabay)

Quando retomou o processo de verificação de conta na rede social, o Twitter antecipou ter planos para revitalizar a página de perfis. A programadora Jane Manchun Wong novamente encontrou indícios do que está por vir e, além do visual ligeiramente mudado, antecipou que a chegada do botão “Super Follow”, anunciado em fevereiro, não deve demorar.

O Super Follow é mais uma das abordagens da plataforma para monetizar conteúdo e tornar a rede mais rentável para criadores. Quando foi apresentado durante um evento para investidores, a companhia mostrou que isso teria semelhanças com serviços como Patreon, mas moldado para funcionar no Twitter.

Em resumo, um “super seguidor” receberia uma insígnia de apoiador, teria acesso a conteúdo exclusivo do criador apoiado por ele e poderia interagir em publicações exclusivas para esse públcio. A partir da assinatura, outros privilégios também poderiam existir (descontos exclusivos em produtos, por exemplo), então ainda há outras possibilidades a serem exploradas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Botão de Super Follow em sua versão pequena à esquerda e grande à direita (Captura: Reprodução/Jane Manchun Wong)

Dito isto, entra a descoberta de Wong. Os perfis do Twitter podem apresentar o botão de Super Follow de duas formas: em um pequeno círculo, menos explícito, ou como uma cápsula maior, no lugar do botão de Seguir (uma vez que o perfil visitado já está sendo seguido). A opção seria adicionada na mesma linha de ícones do envelope de mensagens diretas, habilitar notificações e o Tip Jar, para contribuir com gorjetas.

A assinatura do Super Follow terá preço fixo de US$ 4,99 (cerca de R$ 26 em conversão direta), mas não se sabe quanto o Twitter tiraria desse valor. Outra confirmação é de que o sistema será implementado dentro do aplicativo, portanto, as lojas de apps (App Store e Play Store) ficarão com 30% do valor pago sobre qualquer assinatura.

Previsão alguma foi dada para o lançamento da ferramenta, tampouco se sabe quais interações teria com o Twitter Blue (serviço de assinatura que dará recursos exclusivos para perfis da plataforma). Por agora, resta aguardar anúncios oficiais da companhia.

Fonte: Jane Manchun Wong

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.