Mark Zuckerberg é convocado para depor no Reino Unido

Por Jessica Pinheiro | 02 de Maio de 2018 às 08h49
photo_camera KQED

As autoridades do Reino Unido colocaram o CEO do Facebook na berlinda. O anuncio feito nesta terça-feira (1) propõe que, caso não se ofereça para depor perante o Parlamento na próxima vez que ele pisar em território britânico, Mark Zuckerberg será convocado pela primeira vez para fazê-lo. O motivo para o chamado é o vazamento de dados de usuários da rede social pela Cambridge Analytica, além das preocupações subjacentes acerca da privacidade na internet.

Damian Collins, membro do Parlamento do Reino Unido, publicou em sua conta do Twitter a carta, dizendo que é importante que todos saibam que Zuckerberg ainda não está sob jurisdição do governo britânico, mas deverá se apresentar na próxima vez que entrar no país. Segundo Collins, no país “existem mais de 40 milhões de usuários do Facebook e eles merecem ouvir respostas precisas da empresa que [Mark] criou, e se é capaz de manter os dados de seus usuários seguros”.

Ao final da última semana, foi a vez do CTO do Facebook, Mike Schroepfer, ter sido convocado para responder perguntas perante um comitê parlamentar. Na ocasião, ele admitiu que sua companhia não havia lido os termos de serviços do aplicativo com o qual compartilhavam, de forma imprópria, os dados dos usuários com a Cambridge Analytica. Na mesma audiência, Schroepfer declarou que sua empresa continua investigando o ocorrido.

Collins, por sua vez, rebateu que Schroepfer não respondeu a todos os 40 pontos levantados. Por conta disso, ele escreveu 39 perguntas em sua carta, as quais abrangem desde o papel de outras entidades vinculadas ao tema, até detalhamentos de como é possível alterar as configurações de privacidade em um smartphone. As respostas devem ser enviadas pelo Facebook até o dia 11 de maio, juntamente com a decisão de Zuckerberg a respeito de seu testemunho voluntário.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.