Instagram terá programa de monetização de conteúdo e novas funcionalidades

Por Alveni Lisboa | 08 de Março de 2021 às 08h06
Stockcatalog/Flickr
Tudo sobre

Instagram

Saiba tudo sobre Instagram

Ver mais

Rumores indicam que o Instagram está trabalhando em novidades que vão ajudar a bombar ainda mais a rede social em 2021. Dentre as inovações está um programa de marketing de afiliados, um recurso que bloqueia certas palavras nas mensagens diretas e uma inteligência artificial que corrige o brilho em imagens.

Os novos recursos do Instagram tornarão o aplicativo ainda melhor para criadores de conteúdo. O desenvolvedor Android e leaker Alessandro Paluzzi fez uma engenharia reversa no app e encontrou várias novidades que a equipe do Instagram estaria supostamente trabalhando. Ele compartilhou capturas de tela que destacam o que pode vir por aí.

Programa de afiliados com monetização

O programa de marketing de afiliados permitirá que usuários monetizem seu conteúdo na plataforma.Trata-se de uma demanda antiga dos influenciadores digitais, que tem no Instagram a sua principal fonte de renda.

Hoje, essas pessoas precisam firmar parcerias com marcas ou divulgar produtos e serviços para conseguir lucrar com o conteúdo produzido. Com o novo modelo, passarão a ser remunerados com base na sua audiência e no engajamento do público em posts e stories, de forma similar ao que ocorre no YouTube.

Hoje, essa é a forma como os criadores de conteúdo ganham dinheiro no Insta (Imagem: Reprodução/Instagram)

A princípio, parece que a funcionalidade não será liberada para todos. Somente perfis que se enquadram na política de monetização de parceiros da rede poderão usufruir deste benefício. Como o Instagram ainda não falou nada oficialmente, os critérios de participação ainda são desconhecidos.

Funcionalidades para ajudar o criador de conteúdo

O Instagram também está trabalhando em uma ferramenta de controle de conteúdo que permitirá aos usuários bloquear certas palavras nos Directs. Assim, os usuários podem restringir o uso de palavrões ou outros termos ofensivos nas mensagens diretas que chegam na caixa de entrada.

(Imagem: Reprodução/Alessandro Paluzzi)

Essa configuração fará parte da seção “Privacidade” do aplicativo e os usuários terão a opção de adicionar palavras-chave que desejam silenciar. O Instagram então bloqueará todas as mensagens diretas que contenham estes termos, mas dará aos usuários a opção de escolher se desejam ativar o recurso para todos ou somente em contas específicas. Certamente, uma opção bastante viável para restringir a atuação de haters.

Paluzzi também descobriu outro recurso chamado Brightness AI, que aparecerá como uma das opções na edição. Não se sabe como isso funcionará, mas aparenta ser algum tipo de sistema de inteligência artificial que corrigirá automaticamente o brilho de fotos e vídeos. Pode ser uma função interessante para quem gosta de produzir e postar conteúdos diretos, sem edição em softwares de terceiros.

Novidades na realização de lives

Nesta semana, a rede social liberou a realização de lives com até quatro pessoas simultâneas. Chamado de Salas Ao Vivo (Live Rooms, em inglês), a novidade já está disponível nos aplicativos para Android e iOS. Antes, só era possível entrar ao vivo em dupla, sendo um como organizador e outro como convidado.

(Imagem: Divulgação/Instagram)

Em junho do ano passado, para competir com o TikTok, o Instagram criou o Reels. A ferramenta tem feito bastante sucesso, em especial porque a entrega dos conteúdos é bem melhor do que no IGTV e nos stories, o que proporciona mais visibilidade.

Há tempos que o Instagram deixou de ser uma mera plataforma de compartilhamento de fotos. Hoje, é a principal rede social do mundo em termos de importância e de público ativo — são mais de 1 bilhão de usuários. Várias webcelebridades surgiram graças ao alcance da rede, que foi incorporando funcionalidades ao longo dos anos, mas jamais deixou sua identidade de lado.

(Imagem: Kate Torline/Unsplash)

Questionado pelo Canaltech a respeito da novidade, o Instagram afirmou que não irá comentar.

Será que essas adições vão manter o Instagram no topo? Ou a rede estaria ameaçada devido ao crescimento de concorrentes, como o Clubhouse? Deixe sua opinião.

Fonte: Alessandro Paluzzi  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.