Facebook estuda tecnologia para fornecer conexão de internet via laser

Por Redação | 19.07.2016 às 23:01 - atualizado em 20.07.2016 às 16:32

Não é de hoje que o Facebook tem como objetivo melhorar e ampliar o acesso à internet em todo o mundo. Recentemente, a companhia de Mark Zuckerberg investiu em antenas para melhorar o sinal de internet em áreas rurais, e o CEO já chegou a declarar que acredita que o acesso universal à internet seja um caminho para a paz mundial. Agora, a empresa está estudando uma tecnologia capaz de fornecer conexão com a internet por meio de raios laser.

Na verdade a companhia já vem avaliando esse tipo de tecnologia desde o ano passado, mas agora o Connectivy Lab do Facebook documentou suas pesquisas explicando como raios laser seriam capazes de levar uma conexão de 2 Gbps para locais remotos, onde o acesso físico é complicado.

De acordo com os documentos, o truque é usar fibras ópticas fluorescentes para coletar a luz em vez de confiar o sistema óptico tradicional. Uma vez que as fibras não emitem a mesma cor que elas absorvem, você pode fornecer a elas uma luz ainda mais brilhante (semelhante a um concentrador solar) e gerenciar um tempo de resposta bastante rápido – algo como menos de 2 nanossegundos. Ao combinar isso com uma codificação de dados multi-fluxo, consegue-se a largura de banda necessária para redes Wi-Fi e sem fio.

No momento, o Facebook disse estar “investigando a viabilidade” de transportar hardware com base nessa tecnologia, mas disse ainda que pode ser que essa possibilidade se torne realidade mais rapidamente do que possamos imaginar. Por enquanto a companhia vem realizando os testes usando materiais facilmente disponíveis, mas espera que outras empresas criem materiais otimizados para essa tecnologia, materiais esses que seriam mais bem adaptados e adequados para tal.

Fonte: The Optical Society (1) e (2); Via: Engadget