Facebook começa a liberar salas de áudio estilo Clubhouse para todos

Facebook começa a liberar salas de áudio estilo Clubhouse para todos

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 11 de Outubro de 2021 às 12h52
Reprodução/Facebook

Cerca de sete meses após o anúncio, o Facebook começou a liberar de modo amplo as Live Audio Rooms, a sua solução voltada para o bate-papo por voz. As salas ao estilo Clubhouse foram disponibilizadas para mais criadores de conteúdo e influenciadores digitais com perfis verificados, além de determinados grupos da rede social em todo o mundo.

O sistema é bem similar ao que já existe no Espaços do Twitter e no Slack: o usuário cria uma sala e pode conversar com todas as pessoas que entram ali. É possível ter uma conversa solo com os demais ou convidar os ouvintes para participar como palestrantes — ainda não está claro se haverá recursos de moderação, mas é bem provável que sim.

Você poderá conferir quais são as conversas em andamento diretamente no Feed de Notícias do Facebook ou se inscrever para receber alertas quando o anfitrião iniciar a sala. Haverá um recurso para habilitar legendas em tempo real, levantar a mão para solicitar a fala e enviar emojis para expressar reações. Uma das partes mais bacanas é que o host da conversa poderá deixar tudo agendado de modo antecipado e convidar todos os participantes dias antes do evento.

Grupos e arrecadação de dinheiro

As salas privativas poderão arrecadar dinheiro para instituições de caridade ou por meio do recebimento das Estrelas, a moeda virtual do Facebook que funciona como uma gorjeta. Os doadores que mostrarem seu apoio ao anfitrião terão o perfil em destaque logo na primeira fileira da sala, algo que pode servir de incentivo para os demais integrantes também contribuírem.

As salas de áudio finalmente chegam ao Facebook (Imagem: Alexandru Voica/Twitter)

Para os grupos, a rede parece ter desenvolvido uma espécie de carrossel com as salas organizadas conforme a data da conversa. Tal como no feed, o usuário poderá marcar se tem interesse no assunto para ser notificado.

Por enquanto, a novidade está em fase de liberação gradual apenas para usuários do app para iOS, embora os testes no Android e na versão web para desktop estejam bem avançados. A expectativa é que determinados perfis, páginas e grupos devam ser priorizados no início, mas todo mundo deve conseguir usar as salas em algumas semanas.

O Facebook é a última das grandes plataformas a ter as salas de áudio adicionadas ao ecossistema: Twitter, Reddit, Spotify, Telegram e Discord já fizeram suas incursões nesse mundo. Resta saber se a novidade chega a tempo de ainda ser relevante no mercado ou se a moda foi passageira.

Fonte: Alexandru Voica  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.