7 curiosidades sobre o TikTok que você provavelmente não conhecia

7 curiosidades sobre o TikTok que você provavelmente não conhecia

Por Kris Gaiato | Editado por Bruno Salutes | 10 de Agosto de 2021 às 14h40
China Stringer Network/Reuters

O TikTok (Android l iOS l Web) se tornou uma verdadeira febre e isso não é novidade para ninguém. A rede social chinesa é um berço de vídeos virais que, em pouco tempo, tomaram conta de grandes plataformas como Instagram, Twitter e até mesmo Facebook. A cada dia, mais usuários decidem aderir aos vídeos. Mas, nem todos sabem detalhes sobre a sua história. Por esse motivo, selecionamos 7 curiosidades sobre o TikTok que você provavelmente não conhece!

Se você é usuário ou apenas um curioso, confira alguns fatos que fizeram parte da tragetória dessa rede social, cuja ascensão surpreendeu não apenas especialistas, mas também os próprios internautas.

1. O TikTok já teve outro nome

(Imagem: Reprodução/Solen Feyissa/Unsplash)

Antes do seu boom de popularidade, o TikTok se chamava "musical.ly". A mudança ocorreu em 2017, quando a empresa Bytedance, responsável por muitas plataformas chinesas de conteúdo digital e de origem chinesa, comprou o aplicativo. Desde então, a rede social começou a ganhar mais espaço e, embora ela ainda lembre a sua versão inicial em alguns aspectos, as atualizações estão fazendo com que a plataforma se distancia cada mais do que era o musical.ly. Não atoa, após algumas mudanças, a plataforma se tornou uma forte concorrente da maior rede social do Brasil, o Instagram.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

2. Inteligência artificial avançada ao alcance da mão

O sucesso do TikTok se dá, em parte, por conta da inteligência artificial do aplicativo, que detecta quais vídeos tem maior potencial de viralizar. Isso porque a plataforma foi criada justamente para tornar as criações de seus usuários um grane sucesso – primeiro, dentro da própria plataforma e, posteriormente, em outras redes sociais. Por esse motivo, muitos influenciadores criam uma conta na plataforma. Aliás, alguns criadores de conteúdo somente ficaram conhecidos por conta do TikTok.

3. Censura na Ásia

Por incrível que pareça, o TikTok já foi censurado na Índia e na Indonésia, embora isso não tenha afetado tanto a sua popularidade em outros países. A censura ocorreu em razão do conteúdo disponível na plataforma que, segundo as autoridades responsáveis colaborava para o compartilhamento de "conteúdos pornográficos”, segundo fontes, e levou o aplicativo a perder cerca de 500 mil dólares por dia.

4. TikTok e a monetização de vídeos

O TikTok é uma rede social frequentemente utilizada por criadores de conteúdo para impulsionarem as suas publicações. (Imagem: Reprodução/Aaron Weiss/Unsplash)

A popularidade do TikTok entre os usuários também cresce por conta da possibilidade de monetizar os vídeos dentro da plataforma. Isso porque a sua capacidade de impulsionar um vídeo é bem maior do que a das demais redes sociais, o que costuma fazer com que marcas populares procurem perfis famosos ou criativos com propostas de monetização. Essa possibilidade de ganhos financeiros transforma o TikTok em uma ótima alternativa a redes sociais pioneiras no ramo, como o Instagram.

5. Mesma rede social, diferentes nomes

O TikTok não é conhecido da mesma maneira em todos os países. Na China ele se chama Douyin, mas funciona exatamente da mesma maneira. Além de sua sede em Pequim (na China), o TikTok também conta com escritórios em Berlim (Alemanha), Jacarta (Indonésia), Londres (Inglaterra), Los Angeles (Estados Unidos), Moscou (Rússia), Mumbai (Índia), São Paulo (Brasil), Seul (Coreia), Xangai (China), Singapura (Malásia) e Tóquio (Japão).

6. TikTok em múltiplos idiomas

Justamente por conta de sua popularidade no mundo inteiro, o TikTok está disponível em 75 idiomas diferentes — com destaque para o alemão, grego, tâmil e vietnamita — e já foi baixado em mais de 155 países.

7. Lucro exponencial

Naturalmente, o lucro do TikTok é proporcional ao tamanho do sucesso do aplicativo. Em 2019, o lucro levou a ByteDance a aumentar sua receita de 100 bilhões de iuanes (moeda da China) para 120 bilhões, o que equivale a 16,8 bilhões de dólares. Em 2020, a empresa atingiu US$ 19 bilhões.

Você conhecia algum desses fatos sobre o aplicativo? Nos conte através dos comentários abaixo!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.