"Clubhouse" do Facebook tem novos detalhes vazados; confira

Por Alveni Lisboa | 22 de Março de 2021 às 14h45
Reprodução/Alex Haney/Unsplash
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

Você já viu aqui no Canaltech que o Facebook trabalha para trazer recursos de chat por voz para a rede social, mas não havia pistas de como as coisas funcionariam. Agora, começam a surgir mais detalhes sobre como a plataforma está pensando em implantar essa funcionalidade.

O desenvolvedor e leaker Alessandro Paluzzi descobriu o recurso ao usar técnicas de engenharia reversa na versão de testes do app. A rede social de Zuckerberg deverá contar com salas públicas e privadas para realização de bate-papos com vídeo ou áudio.

Em princípio, parece que tanto as salas de vídeo quanto as de áudio serão apenas para os seus amigos no Facebook — se isso for verdade, seria um conceito diferente do que está em voga nas outras redes. Há uma terceira opção que permite uma transmissão aberta, a qual poderia ser acessada irrestritamente por todos, mas com suporte para apenas um locutor — um modelo que mais se assemelha as populares streams.

Não há previsão de lançamento da funcionalidade, mas ela aparenta estar em estágio avançado de desenvolvimento. Resta saber se o recurso desbancará o Clubhouse e também os concorrentes, que estão vindo em peso para o mundo do compartilhamento de áudios.

Chat de voz em alta

O Instagram, que pertence ao Facebook, está em fase de testes de salas que permitam a conversa por áudio apenas, de forma similar ao que acontece hoje com as lives. Seriam até quatro pessoas atuando como apresentadores e um número ilimitado de usuários como ouvintes.

Lives apenas em áudio podem chegar em breve; por enquanto, somente em vídeo (Imagem: Reprodução/Unsplash)

Em estágio mais avançado, o Twitter já começou a liberar o Spaces para alguns usuários — a expectativa é que todos tenham acesso até o final de abril. A rede do passarinho também terá suporte a salas de áudio e tem como trunfo a sua popularidade.

O Telegram também entrou na briga, na semana passada, ao lançar uma funcionalidade similar. A novidade foi introduzida na última atualização do app, já disponível na App Store e no Google Play.

Fonte: Alessandro Paluzzi

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.