Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Thor e Hulk mostram que poder do Homem de Ferro está bem longe do topo da Marvel

Por| Editado por Claudio Yuge | 09 de Junho de 2022 às 22h40

Link copiado!

Reprodução/Marvel Comics
Reprodução/Marvel Comics

Desde a cômica cena em Thor: Ragnarok em que o herói titular fala que é o “vingador mais forte” para logo depois descobrir que os sistemas da equipe consideram o Hulk o detentor desse título, a discussão em qual dos dois personagens é o mais forte virou muito mais frequente, seja entre fãs ou entre as próprias HQs da editora. E, no meio disso, Tony Stark, o Homem de Ferro, também tenta mostrar seu valor — embora tenha falado de forma espetacular no exemplo mais recente.

Atualmente nos quadrinhos da Marvel, o Hulk e o Thor estão travando um verdadeiro embate de titãs no evento Banner of War, com o filho de Odin querendo fazer com que Bruce Banner volte para à Terra e seja julgado por uma tragédia que o personagem foi responsável no planeta.

Continua após a publicidade

Em Thor #26, o conflito entre os dois continua, resultando em uma gigantesca explosão de energia Gama que transformou o Thor em um Hulk também. Com o deus nórdico fora de controle, Tony Stark decide intervir, chegando no espaço em que o filho de Odin está lutando com Bruce Banner trajando sua armadura mais poderosa: a Celestial HulkBuster, que como o nome indica, conta com tecnologia dos Celestiais, grandes deuses cósmicos da Marvel.

Porém, mesmo com essa poderosa armadura, Stark é feito de bobo pela versão esmeralda de Thor, tendo seu traje completamente destruído e seu papel na luta reduzido a de um observador — chegando até mesmo a ser transportado para longe do conflito por Lady Sif, que afirma para o bilionário que ele não tinha como ajudar em nada naquele combate.

O conflito entre o Thor-Hulk e Banner continua na edição, com o número terminando com o Hulk original evoluindo ainda mais, até mesmo obtendo permissão de Odin para segurar o Mjölnir e derrotar o deus nórdico descontrolado — o que mostra que, na escala de poder que o conflito está chegando, Tony Stark, mesmo sendo um gênio, jamais teria chances reais de ajudar com o poder de fogo possível de ser alcançado com tecnologia.

Ao mesmo tempo, é bom lembrar que há poucos meses o arco da revista solo do Homem de Ferro mostrou o herói obtendo o Poder Cósmico para si, resultando em uma versão divina do herói tecnológico da Marvel. Se levarmos esse momento em consideração e comparamos o poder com o de Thor e Hulk em Thor #26, é possível que o resultado fosse outro, com Stark emergindo como o vencedor do conflito.

Fonte: ScreenRant