Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Subtrama do Homem-Aranha de Tobey Maguire vira canônica nas HQs

Por| 23 de Janeiro de 2024 às 19h40

Link copiado!

Marvel Comics
Marvel Comics
Tudo sobre Marvel

Mesmo depois de dois Homens-Aranha nas telonas, Andrew Garfield e Tom Holland, muitos fãs não conseguem esquecer o de Tobey Maguire, que se tornou um clássico da “Era de Ouro” das adaptações de quadrinhos nos cinemas, a partir dos anos 2000. Seu retorno em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa aumentou ainda mais sua popularidade, e a Marvel Comics reconhece isso adicionando ao seu cânone uma subtrama envolvendo Mary Jane em Homem-Aranha 3 de Sam Raimi.

Atenção para spoilers de Jackpot #1!

Antes, somente um resumo sobre a situação atual de Mary Jane ultimamente: a Marvel Comics deixou bem claro nos últimos anos que não quer vê-la tão cedo como par romântico de Peter Parker. Por isso, ela praticamente se casou com outro homem, Paul, e tem dois filhos com ele. Embora os fãs do Homem-Aranha tenham se decepcionado tanto quanto o próprio Peter, essa decisão parece acertada, principalmente por conta da exata notícia abaixo.

Continua após a publicidade

A Marvel entende que Mary Jane é uma personagem tão querida que merece uma vida própria fora da sombra do Homem-Aranha, sem seu tradicional papel de “donzela em perigo”. Assim, ela passa a ser a heroína Jackpot, que traz uma referência à sua frase clássica dita em seu primeiro enlace amoroso com Peter Parker: “Face it Tiger, you hit the jackpot!” (algo como “aceite gato, você acaba de tirar a sorte grande!”)

Mas qual é a subtrama?

Bem, para tirar Mary Jane Watson da vida de coadjuvante, a roteirista Celeste Bronfman segue uma mesma subtrama de Homem-Aranha 3: assim como no filme, na HQ a atriz consegue um papel em uma grande peça da Broadway; mas, ao longo do tempo, percebe que pode não está à altura da atuação em grandes espetáculos.

Essa é a premissa de Jackpot #1, lançado recentemente, mostra MJ assumindo seu lado heróico como Jackpot durante a saga Gang War, que tem os títulos do Homem-Aranha liderando um evento que reúne as gangues de Nova York contra os heróis de rua da Casa das Ideias. Na edição, ela usa o apoio remoto de seu companheiro, Paul, enquanto vai às ruas tentar parar a Electro, com o objetivo de ajudar o Homem-Aranha e a Mulher-Hulk.

Vale destacar que MJ não é a primeira personagem a se chamar Jackpot no cantinho do Homem-Aranha na Marvel. E como a anterior, Alana Jobson, era quase uma versão heroína da MJ mesmo, inclusive visualmente, muita gente vai sequer notar que a atual personagem é MJ, e não
Alan.