Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Flash enfrenta desafio curiosamente banal e perigoso para voltar a correr

Por| 06 de Maio de 2024 às 21h30

Link copiado!

DC Comics
DC Comics

As coisas estão fora de controle no cantinho da Família Flash. Às vésperas do alardeado evento de verão da DC Comics, Absolut Power, Wally West está perdido em um lugar bizarro enquanto Barry Allen e os outros velocistas precisam enfrentar esquisitices da Força Velocidade em meio a uma ofensiva moral e social de Amanda Waller.

Atenção para spoilers de The Flash #8!

Antes de falar sobre o desafio banal e perigoso de Flash, é preciso recapitular rapidamente o que vem acontecendo na revista do Velocista Escarlate. A atual fase vem revelando dimensões, aspectos, criaturas e camadas da realidade nunca vistas, e que são abaladas destrutivamente pelo uso constante da Força Velocidade

Continua após a publicidade

A energia que alimenta os poderes de todos os velocistas, ainda inexplicavelmente, devasta as dimensões e os seres que nela habitam em ambientes localizados entre as camadas da realidade. Um desses “lugares” é o Jardim Misterioso, onde uma criatura chamada Residente conseguiu convencer Wally West a ficar mais tempo usufruindo da paz de um ambiente quase inerte enquanto ajuda a expulsar seres vindos de alguma parafuso solto da época em que David Cronenberg brisava forte.

Já na esfera global, Amanda Waller vem contaminando o mundo com uma campanha contra os meta-humanos depois que a Crise Sombria nas Infinitas Terras paralisou as atividades da Liga da Justiça por tempo indeterminado. Ela vem mexendo os palitinhos em todas as esferas legais para impedir que os heróis façam seu serviço.

E é aí que vemos uma medida banal e perigosa estorvando a vida da Família Flash de uma maneira simples e irritante.

Novo limite de velocidade

Amanda Waller está ciente que a Força Velocidade vem causando desastres dimensionais, sabe-se lá como. A Família Flash já vinha evitando usar seus poderes em toda sua glória por conta dessa treta, e, agora, a vilã complica ainda mais as coisas, principalmente porque os velocistas são um grande entrave para o sucesso de seus planos.

Em The Flash #8, lançado recentemente, Waller usa sua influência para manipular políticas públicas contra o herói. Isso mesmo, o Velocista Escarlate enfrenta o banal e perigoso poder da burocracia. Na trama, com Wally desaparecido, Barry Allen e os outros velocistas lutam para conter os desastres dimensionais que surgem em todo o mundo. 

Continua após a publicidade

Iris West aparece em um programa de rádio tentando defender Barry das acusações de Waller, que invade a estação e toma o prédio. A vilã exige que todos os velocistas parem de agir sob ameaça de penalização legal. Enquanto isso, Barry tenta encontrar Wally no brisado Jardim Misterioso.

Assim, os velocistas, que já vinham contendo as atividades para evitar os desastres dimensionais, agora sofrem sanções legais caso usem os poderes. É claro que ninguém vai obedecer a lei, mas vale lembrar que esse assunto é importante e recorrente na trajetória de Flash — afinal, seu pai foi preso sob acusação da morte de sua mãe, Barry trabalha na delegacia de Central City e também já viveu como fora-da-lei quando o Flash Reverso apontou-o como responsável pela morte de Iris.

É mais um ponto a favor de Waller que vem escalando seu sucesso rumo a Absolute Power, evento que terá os defensores meta-humanos vigiados pelo governo e rejeitados pela população. A vilã terá a companhia da Rainha Brainiac e de Failsafe, a persona letalmente robótica do Batman de Zur-En-Arrh, na missão de aniquilar os heróis.