Conhece os Beyonders? Eles são os vilões mais perigosos da Marvel

Conhece os Beyonders? Eles são os vilões mais perigosos da Marvel

Por Claudio Yuge | 06 de Setembro de 2020 às 11h00
Reprodução/Marvel Comics

Mercenário, Doutor Octopus, Doutor Destino, Thanos, Galactus… Todos são nomes facilmente associados aos icônicos vilões da Marvel Comics. Assim como os Celestiais e a Força Fênix, mesmo quando esses seres aumentam seu poder e atacam a os heróis da Terra, aos poucos eles tendem a deixar a humanidade em paz, afinal, nossos defensores são casca-grossa. Mas há uma casta de inimigos que não largam o osso e, vez ou outra, insistem em acabar com nosso planeta: os Beyonders.

Mas quem são eles? Bem, tudo começou, na verdade, quase como uma “brincadeira”. No começo dos anos 1980, a Marvel Comics via o declínio de sua linha de heróis e precisava de uma história para movimentar suas criações, especialmente porque ela queria capitalizar em cima disso para vender brinquedos. Assim nasceu o que seria o primeiro grande crossover de uma editora de quadrinhos, as famosas Guerras Secretas, em 1984.

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

A premissa era simples: um ser misterioso e de poder ilimitado, conhecido como Beyonder — que, visualmente, parecia um galã/stalker de filmes de suspense do Supercine nos anos 1980 —, reuniria os maiores “heróis e vilões da Terra” em um mundo/arena de combate, conhecido como o Battleword. Nesse terreno, eles se enfrentariam, apenas para a diversão do vilão. Essa era a “desculpa” ideal para mudar os trajes e poderes dos personagens, ou fazer o que desse na telha dos criadores.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A ideia vingou até mais do que a própria Marvel esperava. A maxissérie em 12 edições não somente conseguiu popularizar os brinquedos como também influenciou todo o mercado e criou uma grande “confusão” na cronologia, pois alguns personagens saíram da batalha completamente alterados — um deles foi o Homem-Aranha, que ganhou o uniforme escuro, mais tarde associado ao simbionte de Venom.

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

A partir daí, de tempos em tempos, a editora chegava a mencionar o Beyonder, inclusive com uma fracassada Guerras Secretas II. E aí continuava a dúvida: mas quem seria esse ser? E por que ele tinha a aparência humanoide de um cantor de música pop nos anos 1980? Qual a sua origem e suas verdadeiras intenções?

Apenas um garoto mimado?

A ideia inicial era de que o Beyonder, na verdade, fosse uma espécie de “deus garoto”, entediado, que tenta compreender os diversos mundos, criaturas e realidades “brincando” com os mesmos. Algumas teorias diziam que eles podiam ser a forma adulta dos Cubos Cósmicos ou que fossem entidades cósmicas que criam seus filhos em “realidades portáteis”, até que eles assumam a forma adulta. Outros conceitos chegaram a idealizar a criatura com um Inumano ultrapoderoso que perdeu o controle.

No início dos anos 2000, a Marvel, que vinha reformulando sua linha de heróis depois de sofrer um processo de falência, decidiu apostar em diferentes linhas e retomar algumas das tramas e heróis clássicos. Além da criação do universo Ultimate, da ascensão dos heróis de rua e da revitalização dos Vingadores, ela apostou em uma frente cômica, que basicamente explorava propriedades esquecidas em uma pequena realidade alternativa.

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Batizado de Nextwave, as revistas relacionadas a esse projeto visavam uma abordagem cômica e sem amarras com o universo tradicional. Eis que o Beyonder apareceu novamente, desta vez como os Beyonders, que possuíam sua própria “fábrica de vilões”, chamada de Beyond Corporation. Posteriormente, a Marvel revelou que esse mundo era mesmo uma das realidades portáteis de Beyonders entediados, que a usavam como “playground”. Vale destacar que personagens como Monica Rambeau, Homem-Máquina e Elsa Bloodstone sofreram alterações nessa trama que acabaram se tornando permanentes.

magem: Reprodução/Marvel Comics

A Beyond Corporation até chegou a aparecer na Terra-616, a principal da Marvel Comics. Nessa época, o empresário Jason Quantrell, que era o líder da organização e se parecia como a entidade oitentista, mostrou-se apenas com uma corpo humano controlada pelos Beyonders. Em sua própria descrição, ele dizia: “Fora de tudo que você possa imaginar, nos espaços selvagens além da realidade, existem outros como nós... Alguns estudam vocês. Alguns querem preservá-los. Alguns de nós… Brincamos com vocês”.

Beyonders continuam uma incógnita

A verdade é que, embora a Marvel tenha delineados seres de poder sem limites, a exemplo de One Below All e One Above All ou entidades como o Tribunal Vivo, ela ainda não sabe direito o que fazer com os Beyonders. Estes apareceram novamente em 2015, nas Guerras Secretas mais recentes, e foram os responsáveis pela destruição da Terra Ultimate. Na trama, os membros do Illumiati e do Doutor Destinos sugerem que os Beyonders talvez sejam os criadores de todas as realidades do universo da Casa das Ideias — e, na trama, estavam apenas “descontinuando” um experimento que teria dado errado.

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Mais recentemente, em Old Man Quill #12, que vê o futuro de Peter Quill em tratamento semelhante ao que já foi dado a Wolverine e o Gavião Arqueiro, a história menciona um conflito cósmico no futuro, chamado de “Beyonder Wars”. Nada ficou muito detalhado, mas ficou claro que a Terra sempre continuará na mira dos Beyonders.

A verdade é que talvez a Marvel nunca explique quem eles realmente são, apenas que são uma ameaça que os heróis podem suportar, mas não derrotar. Os Beyonders representam a desculpa perfeita, sem explicações, que um roteirista tem para gerar outras linhas de narrativa. E, no final das contas, eles realmente não importam muito — as mudanças que eles trazem é que são relevantes para a Casa das Ideias, pelo menos até agora.

Fonte: Com informações do ScreenRant  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.