Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Teste de resistência | iPhone 15 Pro pode molhar e é duro na queda

Por| Editado por Léo Müller | 18 de Abril de 2024 às 10h17

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech

O iPhone 15 Pro trocou o quadro lateral de alumínio por um de titânio, que é mais leve e resistente. O vidro frontal segue com proteção Ceramic Shield, enquanto o traseiro ainda é bastante resistente. E a certificação IP68 também foi mantida. Vamos descobrir se tudo isso realmente procede no teste de resistência a seguir.

iPhone 15 Pro é à prova de água e poeira

Continua após a publicidade

A Apple certificou o iPhone 15 Pro com o grau IP68, o que quer dizer que o celular é à prova de poeira e água. No primeiro caso, é uma questão bem simples: a vedação dos componentes internos é tão boa que partículas de poeira não entram. Isso protege os chips de qualquer tipo de sujeira e aumenta a durabilidade do smartphone.

Isso é o que o dígito 6 da classificação IP significa. É o nível mais alto de proteção contra poeira existente até o momento. Já o segundo dígito, que é o número 8, não é o mais alto possível, mas ainda é excelente.

Significa que o iPhone 15 Pro pode molhar sem danificar. Porém, com uma limitação de 1,5 metro de profundidade por até 30 minutos. Ou seja, não confere ao celular a proteção para usar em mergulhos nem nada do tipo. A ideia é evitar que ele estrague caso entre em contato com a água de maneira acidental.

Sendo assim, você pode levar o iPhone 15 Pro para a praia, mas não para o mar. Também pode usá-lo próximo à piscina, mas é melhor evitar mergulhar com ele. E é sempre bom lembrar que essa proteção perde o efeito com o passar do tempo, então, quanto mais velho o smartphone estiver, maior a chance de estragar na água.

iPhone 15 Pro é duro na queda

Além da proteção contra água e poeira, o celular da Apple também aguenta quedas acidentais com pouca chance de danos. O quadro lateral é de titânio, Ceramic Shield na frente e vidro resistente atrás. Internamente, o titânio é ligado ao alumínio, mantendo o material já utilizado nas gerações anteriores.

Continua após a publicidade

A proteção da tela, que é uma solução proprietária da Apple, é boa. Segundo teste do canal JerryRigEverything, ela apresenta riscos leves em grau seis e mais profundos no grau sete, porém menos visíveis que a maioria dos smartphones. Isso foi mostrado em um teste de durabilidade com o iPhone 15 Pro Max — neste caso, podemos esperar a mesma resistência da tela de 6,1 polegadas.

Atrás, o vidro também promete uma resistência a quedas acima da média. Mas, mesmo assim, o ideal é evitar derrubar o aparelho no chão, até porque o preço não é baixo. Também é melhor evitar contato direto com objetos pontiagudos como chaves e afins. O recomendado é usar uma capinha para proteção extra do iPhone.