Samsung deve pular o processo de 4nm e ir direto para o de 3nm, diz site

Por Rubens Eishima | 03 de Julho de 2020 às 07h00
Samsung/reprodução
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

Com o mercado de fabricação terceirizada de processadores restrito a duas empresas — TSMC e Samsung —, analistas de mercado acompanham com atenção os planos de ambas para o futuro. Fontes consultadas pelo site DigiTimes indicam que a Samsung deve migrar sua tecnologia de fabricação de 5 nm direto para 3 nm, pulando o processo intermediário.

A medida teria como objetivo acompanhar o progresso da rival taiwanesa TSMC, que já estaria com o seu processo de 5 nm em uso — supostamente para a fabricação da CPU do novo iPhone e da linha de Macs com chip Apple, ambos esperados para o segundo semestre.

A própria Samsung informou em um balanço financeiro que iniciaria a fabricação em massa de chips em 5 nm no segundo trimestre do ano. O celular esperado para equipar o primeiro processador Samsung fabricado com a tecnologia é o Galaxy Note 20, aguardado para agosto.

No mesmo relatório de abril, a empresa já tinha deixado de fora menções ao processo de 4 nm. Após a ativação das linhas de produção de 5 nm, os sul-coreanos informaram que se dedicariam ao desenvolvimento do processo de 3 nm.

Processo 3GAE/3GAA é o próximo passo da Samsung Foundry (imagem: Samsung Foundry Forum 2019)

Apesar de não citado diretamente, nada impede que a Samsung ofereça uma evolução do atual processo de ponta com o nome de “4 nm”, assim como os próprios processos de 5 e 6 nm são refinamentos da tecnologia de 7 nm, como mostra um slide apresentado pela Samsung Foundry na metade de 2019.

De qualquer maneira, os próximos meses devem ser agitados no mercado de tecnologia de processadores mobile.

Fonte: DigiTimes  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.