Publicidade

Dá para usar o Pixel Tablet como Google Nest Hub?

Por| Editado por Léo Müller | 16 de Janeiro de 2024 às 10h59

Link copiado!

Brenno Barreira
Brenno Barreira
Pixel Tablet

O Pixel Tablet foi lançado em 2023 e trouxe o Google de volta ao mercado de tablets. Dessa vez, a proposta do aparelho é bem diferente do que estamos acostumados e ele chegou com suporte a um “hub” que o transforma em uma espécie de Google Nest. 

Na teoria, isso permitiria controlar itens de casa inteligente ou interagir com o Google Assistente como se fosse um Nest Hub. Neste texto, eu explico o que funciona e o que não funciona nesse sistema para descobrir se dá ou não para usá-lo como um hub de smart home. 

Para importar produtos dos Estados Unidos que você não encontra por aqui, basta criar uma conta na USCloser. Você faz suas compras nos sites gringos normalmente, e a USCloser recebe por você lá nos EUA mesmo, em uma espécie de “caixa postal americana” criada exclusivamente para você. Depois, a USCloser encaminha os produtos para sua casa aqui no Brasil. É seguro, prático e rápido. Siga nosso tutorial para se cadastrar e comprar nos EUA economizando muito.

Continua após a publicidade

Uso com comandos de voz 

Quando recebi o Pixel Tablet e já comecei a usá-lo como um hub de casa inteligente, notei que ele tinha bastante dificuldade para entender o que eu falava em português e que o mesmo não acontecia se eu usasse o assistente em inglês. 

Quando eu dava um comando em nosso idioma, ele entendia algo completamente diferente, mas, quando repetia em inglês, ele executava normalmente. Vale destacar que é possível configurar o assistente digital em dois idiomas para ele entender automaticamente quando falar em outra língua. 

Assim foi por vários meses — eu uso o produto desde que fiz sua análise, em setembro de 2023. Inclusive, comecei a escrever esse texto já pronto para cravar que não vale a pena o uso. 

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Mas isso mudou exatamente no momento em que comecei a escrever e recebi o update do patch de janeiro do Android nele. Após a atualização, ele milagrosamente passou a me entender tanto em português quanto em inglês. 

Por ser algo recente, não posso cravar que ele está perfeito, afinal eu mais tive problemas do que vantagens dando comandos de voz para ele. 

De qualquer forma, agora consigo controlar minhas lâmpadas ou outros dispositivos conectados normalmente com o Pixel Tablet conectado ao hub. Também dá para interagir perguntando sobre o calendário, iniciar timers, ou qualquer outra coisa que é possível com um Google Nest, por exemplo. 

Continua após a publicidade

Uso da tela 

Quanto ao uso da tela, o Pixel Tablet no modo Hub funciona basicamente como um display inteligente. Nele, é possível configurar protetores de tela que ficam acesos o tempo todo — ou diminuem o brilho apenas para mostrar um relógio fraco durante a noite — e ainda exibem informações interessantes durante o dia, como o clima. 

Também é possível usar imagens do Google Fotos para passar, o que o transforma em um ótimo quadro digital. 

O controle de dispositivos de casa inteligente também é facilitado, com um ícone de acesso rápido para o Google Home sem precisar desbloquear o aparelho. 

Continua após a publicidade

Também é possível usar o assistente para procurar e reproduzir uma série em serviços de streaming. Mas isso não funciona de forma tão prática. É preciso dar o comando, desbloquear a tela — o que pode ser feito por impressão digital — e depois repetir o comando. 

Como efeito de comparação, dispositivos com Alexa — como a Echo Show 15 ou até a Echo Show 5 — executam isso de forma automática. 

Afinal, vale a pena comprar o Pixel Tablet para usar como Google Nest Hub?

Continua após a publicidade

O Pixel Tablet é uma ótima opção e vale a pena se você busca um dispositivo com Google Assistente para usar como um display inteligente. Infelizmente, o Google não comercializa oficialmente o Nest Hub no mercado brasileiro e, mesmo que você compre dos Estados Unidos, ele não funciona em português.

Assim, o Pixel Tablet se destaca como uma opção mais funcional, que funciona em qualquer idioma. É claro que há algumas limitações, mas a usabilidade no geral — após receber o patch de janeiro — está muito boa e permite interagir bem com o assistente digital.

Fora tudo isso, ele ainda funciona bem como um tablet intermediário, então é uma funcionalidade a mais para o dispositivo, o que o torna bem atraente.