CyanogenMod chega ao fim; empresa confirma que não vai mais desenvolver sistema

Por Redação | 26.12.2016 às 13:55

Já faz um bom tempo que a Cyanogen não vem bem das pernas. Com problemas financeiros e organizacionais, a empresa deu os primeiros sinais de que havia algo errado quando, em julho deste ano, demitiu 20% de seus funcionários. À época, os fãs do projeto ligaram a luz de alerta e temiam pelo fim do sistema operacional que mantinha atualizados smartphones que perderam suporte oficial das fabricantes. Apesar de a empresa tentar abafar o caso a todo custo, mesmo com o fechamento das portas do escritório em Seattle no começo deste mês, o inevitável aconteceu na última sexta-feira (23).

Em uma publicação oficial em seu blog, a companhia, que agora atua com um único escritório em Palo Alto, Califórnia, oficializou o fim do desenvolvimento do mod até o fim deste ano - algo que foi antecipado na noite deste domingo (25) com a retirada do site do CyanogenMod do ar.

"Como parte da consolidação em curso na Cyanogen, todos os serviços e builds nightly suportados pelo Cyanogen serão descontinuados até 31/12/2016. O projeto de código aberto e o código fonte continuarão disponíveis para qualquer um que queira desenvolver o CyanogenMod pessoalmente", diz o post.

O projeto surgiu como uma alternativa a fabricantes de smartphones que queriam uma interface mais leve que a do Android e com atualizações mais rápidas. Apesar do sucesso inicial da empreitada, que chegou a ser oficialmente abraçada pela OnePlus, a Cyanogen resolveu romper com as fabricantes e seguir seu caminho sozinha focando em apps e serviços. A mudança de planos gerou uma série de problemas internos e culminou na demissão do CEO Kirk McMaster em outubro e numa sequência de demissões.

Futuro com o LineageOS

Apesar do encerramento oficial do desenvolvimento do mod e dos seus serviços, a comunidade responsável por manter o sistema de código aberto criou um fork de desenvolvimento para continuar tocando o projeto. Batizado de LineageOS, o sistema usa o mesmo código fonte do CyanogenMod e já tem até um site oficial no ar.

O grande desafio, entretanto, será dar continuidade ao desenvolvimento sem uma empresa por trás financiando tudo isso. Mesmo assim, a nova equipe responsável pelo LineageOS está confiante com a ideia, sobretudo por herdar a força do projeto defunto: "O CyanogenMod sempre foi mais que o nome e a infraestrutura. O CyanogenMod tem sido um sucesso baseado no espírito, no talento e no esforço de seus colaboradores individuais".

O entusiasmo é grande, mas ainda não há previsão de quando as primeiras ROMs serão liberadas. Até lá, quem contava com os updates constantes do CyanogenMod terá de se acostumar com a ideia de ter se tornado órfão do projeto.

Fonte: Cyngn, Pplware