Comparativo Zepp OS x HarmonyOS | Qual interface de relógio é melhor?

Comparativo Zepp OS x HarmonyOS | Qual interface de relógio é melhor?

Por Bruno Bertonzin | Editado por Léo Müller | 17 de Maio de 2022 às 09h07
Eric Mockaitis/Canaltech

O mercado de smartwatches já tem boas opções de dispositivos, que competem bem entre si — muitos com recursos avançados para monitoramento da saúde e do sono, bem como acompanhamento de atividades físicas.

Samsung e Apple são algumas das mais populares no setor, com modelos bem avançados, mas a Amazfit — marca que recebe o investimento da Xiaomi — e a Huawei também têm suas próprias apostas no segmento premium, com relógios que oferecem ótimos recursos aos usuários.

Mas como é a interface das marcas chinesas? Ambas têm seus próprios sistemas operacionais: a Amazfit com o Zepp OS e a Huawei com o HarmonyOS. Como eles são na prática? Quais as funcionalidades e aplicativos eles oferecem? O design do software é intuitivo?

Zepp OS e Harmony OS são as interfaces da Amazfit e Huawei (Imagem: Eric Mockaitis/Canaltech)

Nesse comparativo levanto os principais aspectos da interface de cada um e traço um comparativo entre as duas, a fim de indicar para você qual oferece mais vantagens. É importante destacar que usei como base os sistemas nos Amazfit GTS 3 e Huawei Watch GT 3, mas o software é basicamente o mesmo em outros smartwatches das companhias. Confira:

Visual

Os dois sistemas operacionais contam com um visual bem parecido em suas interfaces: ambos oferecem diversas opções de watchfaces personalizadas, que combinam tanto o design analógico quanto o digital.

Nesse aspecto, porém, é importante dar um ponto para a Amazfit: boa parte das watchfaces disponíveis para os relógios da marca são grátis, enquanto a maioria no sistema da Huawei é paga.

Indo mais além: não só a maioria é pago, como também é muito difícil achar um design bonito grátis — pelo menos na minha opinião, que tive bastante dificuldade com isso.

No mais, os softwares são bem parecidos, com opções de navegação na tela inicial para cima para ver controles de configurações rápidas, para baixo para ler notificações ou para os lados para abrir os widgets de apps ou de monitoramento de saúde, atividades físicas e sono.

Usabilidade e praticidade

Assim como o visual, a usabilidade das duas interfaces é bem parecida e, em alguns modelos — geralmente os mais avançados — as marcas oferecem um botão giratório que permite navegar entre as opções sem precisar tocar na tela. Quem está acostumado com relógios com coroa giratória, vai gostar um pouco dessa função.

Ambos também são bem intuitivos, mas aqui devo saudar, mais uma vez, a Amazfit: para quem comprou um relógio inteligente pela primeira vez, o menu principal do Zepp OS é bem mais amigável, com navegação vertical que mostra o nome de cada função ou sub-menu, enquanto o HarmonyOS espalha todos as opções em uma grade apenas com o ícone.

HarmonyOS tem exibição em grade por padrão (Imagem: Bruno Bertonzin/Canaltech)

Essa opção, é claro, pode ser mudada nas configurações dos relógios da Huawei, para que eles tenham um aspecto também na vertical, assim como os da rival. Mas, para quem está usando o dispositivos pela primeira vez e não conhece o sistema, pode ser um pequeno incômodo.

Para quem já está acostumado a usar dispositivos do tipo e já conhece os aplicativos e funções pelo ícone, o design da interface do menu dos relógios da Huawei é bem agradável e sofisticada — ela lembra bastante o menu dos Apple Watch e dos Galaxy Watch mais recentes.

Recursos e Aplicativos

No geral, ambas as interfaces são bem parecidas no que diz respeito aos recursos e aplicativos nativos. Elas trazem controle de músicas reproduzidas no smartphone e em modelos avançados — como o Watch GT 3 — é possível tocar canções direto no relógio.

Também é possível ler — e, no caso dos relógios da Huawei, até responder — às notificações recebidas no celular, o que ajuda bastante caso esteja longe do smartphone e queira dar uma resposta rápida para alguma pessoa.

Outro recurso em comum é a lanterna. Na verdade, ela não emite exatamente um feixe de luz, como um flash, mas deixa a tela totalmente branca com o brilho no máximo para clarear bastante o ambiente.

As duas começam a se diferenciar mais no que diz respeito aos recursos exclusivos. A Huawei, por exemplo, oferece um app de navegação próprio, o Petal Maps, enquanto a Amazfit não tem algo do tipo em seus relógios.

Aplicativos disponíveis para downloads no HarmonyOS e Zepp OS são bem limitados (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)

Em compensação, a marca apoiada pela Xiaomi tem suporte para comandos de voz com a Alexa — assistente digital da Amazon — na maioria de seus dispositivos mais avançados, como o próprio Amazfit GTS 3 ou o GTR 3 e 3 Pro.

Em relação à loja de aplicativos, é importante destacar que as duas interfaces são bem limitadas. Enquanto a Apple e a Samsung tem uma variedade maior de apps, as duas chinesas oferecem poucas aplicações.

Na verdade, o que é disponibilizado nas lojas de apps das duas são apenas “extensões”, que permitem monitorar dados extra de saúde, como acompanhamento de ciclo menstrual, gravidez, ou emitir alertas para beber água, por exemplo. Há também algumas opções diferentes como calculadoras e calendários, mas nada muito elaborado.

https://www.youtube.com/watch?v=QG9YP4oP9Ek

Conclusão

As duas interfaces são bem parecidas em seus respectivos visuais e configurações. Elas apresentam os mesmos gestos e navegação pela tela e tem até menus iguais — exceto pela exibição em grade padrão do HarmonyOS, que pode ser alterado para o modelo em lista nas definições do relógio.

Dessa forma, a usabilidade também é bem semelhante nos dois sistemas operacionais, e o que vai diferenciar mais uma da outra são os recursos nativos e exclusividades de cada uma.

O Zepp OS, por um lado, é mais amigável com quem comprou um relógio inteligente pela primeira vez e ainda está começando a se adaptar a esse universo.

Além disso, o suporte para comandos de voz para a Alexa também torna ele uma excelente opção para quem tem itens de casa conectada, como lâmpadas ou ar-condicionados, por exemplo.

Zepp OS oferece funcionalidades exclusivas mais interessantes do que o HarmonyOS (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)

A interface da Amazfit também é mais generosa com as watchfaces, já que oferece bastante opções de personalização do mostrador de graça, enquanto a rival cobra pelas opções mais bonitas.

Já o HarmonyOS se destaca pelo seu aplicativo nativo de mapa e pela possibilidade de responder mensagens direto pelo relógio — mesmo que seja com textos pré-definidos, algo que não está presente no adversário.

Dessa forma, se formos considerar apenas os recursos da interface e suas funcionalidades, a aposta da Amazfit é bem mais agradável aos usuários, já que oferece comandos de voz e não cobra tanto pela personalização dos mostradores, ao passo que a Huawei se destaca mais pela possibilidade de responder mensagens direto do pulso.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Ofertas Amazfit GTS 3

  • Relógio Smartwath Amazfit GTS 3 Preto
    JR Store*
    Relógio Smartwath Amazfit GTS 3 Preto
    R$ 1.242,60