Publicidade

Apple | O que significa o “i” em “iPhone”, “iPad” e “iMac”?

Por| Editado por Wallace Moté | 26 de Fevereiro de 2023 às 13h00

Link copiado!

Apple
Apple
Tudo sobre Apple

A Apple é conhecida por apresentar todos os anos novos modelos de iPhone e iPad, além de possuir forte presença em computadores com o iMac e ser eternamente lembrada pelo icônico iPod. Mas o que significa o prefixo "i" e por que a empresa deixou de usá-lo? É o que discutimos nesta matéria.

Qual foi o primeiro "i" da Apple?

Continua após a publicidade

O primeiro dispositivo a adotar tal lógica de nomenclatura foi o iMac de 1998, onde o significado principal para a letra "i" era Internet, uma vez que este foi o primeiro computador Mac da Apple a permitir conectividade cabeada para que usuários utilizassem a ainda muito jovem rede mundial de computadores.

Mas este não é o único significado para a letra "i" no iMac. Steve Jobs queria destacar a individualidade de cada usuário com o seu computador pessoal, além da necessidade de informar, de inspirar e de instruir.

A partir de então a Apple passou a lançar mais dispositivos com a letra "i" como prefixo, incluindo o iPod em 2001, o iPhone em 2007 e o iPad em 2010, onde cada aparelho ainda conseguia ser encaixado nos mesmos significados do iMac. Tais produtos ficaram conhecidos como "iDevices".

Quando o "i" foi removido dos lançamentos da Apple?

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Com o falecimento de Steve Jobs em 2011, a Apple sob o comando de Tim Cook abandonou o prefixo de letra "i" e passou a aderir à própria marca em todas as novas categorias em que a Maçã entrou em seguida.

Antes do Apple Watch ser apresentado em 2015, rumores indicavam que o primeiro relógio inteligente da Apple poderia ser chamado, na verdade, de "iWatch", o que obviamente não se concretizou.

Por volta da mesma época ainda circulavam rumores sobre o "ïCar", o carro elétrico da Apple. Embora o veículo ainda esteja sendo desenvolvido pela empresa com custo de US$ 5 bilhões por ano e previsão de lançamento para 2026, é muito mais provável que, agora, ele seja chamado de Apple Car ou conte ainda com uma nova marca específica.

Continua após a publicidade

É possível que o fim do prefixo "i" tenha acontecido por estratégia de marketing, onde a Apple buscava uma nomenclatura clara e direta para fácil entendimento do consumidor. Ao mesmo tempo, a mudança eterniza de vez as marcas iPhone, iPad e iMac para preservar o legado de Steve Jobs na empresa.