O que é trojan?

Por Redação

Trojan, também conhecido como cavalo de Troia (em inglês Trojan horse), é um malware que executa ações em um computador criando uma porta para uma possível invasão sem a autorização do usuário. Trata-se de um programa que tem um pacote de vírus e na maioria das vezes é utilizado para se conseguir informações de outros computadores ou executar operações indevidas em diversos dispositivos. Essas instruções são pré-programadas pelos criminosos e depois enviadas como vírus para as vítimas.

Um trojan age como a história do Cavalo de Troia, por isso a comparação. As vítimas, na grande maioria das vezes, continuam realizando suas atividades e procedimentos normalmente sem que sintam uma mínima diferença no desempenho do seu computador, mesmo com a ação dos cavalos de Troia.

Mensagens de e-mail, arquivos de música, anexos, programas duvidosos, sites maliciosos e outros documentos costumam ser os principais disseminadores de trojans na internet. Também, eles estão escondidos em muitos programas que são oferecidos como benéficos para os usuários, levando-os, enganosamente, a baixar arquivos maliciosos. Eles aproveitam-se de algumas brechas e vulnerabilidades existentes nos navegadores para entrarem no computador e instalar as ameaças infestando a máquina da vítima.

Os Keyloggers e os Backdoors são os tipos mais comuns de trojans. O primeiro é utilizado geralmente para roubar senhas, enquanto que o segundo são arquivos destinados para aberturas de portas para invasão. Eles são autônomos e conseguem executar suas funções sem a necessidade de infectar outros programas. Para que a vítima evite deletá-los, esses vírus geralmente instalam-se em arquivos que, quando apagados, geram perda de dados.

Um dos trojans mais avançados e poderosos, bem conhecido na comunidade de segurança da informação, é o Zeus, também conhecido como Zbot. Esse vírus conta com diversas funções e possui um código atualizado vendido por crackers que o deixa ainda mais poderoso.

Certificar-se da atualização do sistema operacional do computador, bem como do antivírus pode diminuir muito as chances de infecção de sua máquina por esses trojans. Também é indicado evitar arquivos executáveis vindos de terceiros. A melhor maneira seria usá-los somente quando se tem certeza de que sua origem é confiável.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.