Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Poco X5 Pro | Novo fôlego para os gamers

Por| Editado por Léo Müller | 01 de Abril de 2023 às 14h00

Link copiado!

Review Poco X5 Pro | Novo fôlego para os gamers
Review Poco X5 Pro | Novo fôlego para os gamers
Poco X5 Pro

Lançado em fevereiro deste ano, o Poco X5 Pro tem o objetivo de oferecer todos os recursos procurados por usuários que já têm experiência com smartphones. Obviamente, estamos falando de um intermediário com foco no custo-benefício, a especialidade da linha Poco. Esta variante Pro traz algumas boas características do Poco X5, porém com chipset mais rápido e a promessa de câmeras melhores.

Eu testei o Poco X5 Pro por alguns dias e dou detalhes sobre seus recursos e funcionalidades neste review.

🛒 Compre o Poco X5 Pro no AliExpress

Continua após a publicidade

🛒Compre o Poco X 5 Pro no Magalu

🛒Compre o Poco X 5 Pro na Amazon

Design e Construção

O Poco X5 Pro tem corpo todo feito em plástico, mas sua traseira tem uma textura cintilante que deixa o aparelho com aspecto muito bonito e sofisticado. O aparelho é disponibilizado em três cores: preto, azul e amarelo. Eu testei o modelo azul e gostei muito, ainda mais porque o aparelho tem moldura com laterais retas, o que, na minha opinião, melhora a pegada em relação à aderência.

  • Dimensões: 162,9 x 76 x 7,9 mm;
  • Peso: 181 gramas.
Continua após a publicidade

Na parte de trás, o aparelho conta com aquele espaço para o módulo de câmeras e a logo da linha Poco. Neste modelo, essa área tem superfície mais lisa e espelhada que no resto do celular. O módulo de câmeras é sobressalente em relação ao chassi do aparelho, mas dois dos sensores também são em relação ao próprio módulo. Na parte da frente, podemos ver o furo para a câmera frontal bem ao centro e no topo da tela.

Na parte de cima, há um microfone, um sensor de infravermelho, o conector P2 para fones de ouvido e um alto-falante. Embaixo, temos outro alto-falante, o conector USB-C para carregamento, o segundo microfone e slot para dois chips SIM. Na borda direita, temos os botões de volume e o botão de energia com o leitor de impressões digitais integrado. Perceba que o Poco X5 Pro não aceita cartões de memória microSDXC.

Continua após a publicidade

Ele possui certificação IP53, o que lhe confere resistência à poeira e respingos d’água. Sua tela conta com o recurso Gorilla Glass 5, e, por isso, tem resistência contra riscos.

Tela

O Poco X5 Pro vem com uma tela AMOLED, que oferece ótima qualidade de imagem e alta fidelidade de cores. A tecnologia desse tipo de painel já consegue tornar a tela ideal para a visualização de filmes e séries. E o Poco X5 Pro ainda oferece uma experiência aprimorada de imagem ao trazer Dolby Vision e HDR10+.

Continua após a publicidade
  • Tamanho: 6,67 polegadas, 107,4 cm² de área, ~86,8% de ocupação;
  • Tecnologia do painel: AMOLED;
  • Resolução e proporção: Full HD+ (1080 x 2400 pixels), 20:9;
  • Densidade aproximada: 395 pixels por polegada;
  • Extras: 120 Hz, Dolby Vision, HDR10+.

Essa tela tem brilho de 500 nits, com pico de 900 nits. É um bom nível de brilho para uso em ambientes fechados, mas, em dias muito ensolarados, já começamos a sentir dificuldade de visualizar o conteúdo ao ar livre.

A resolução Full HD+, associada à boa qualidade do painel, oferece boa nitidez para todo tipo de conteúdo, incluindo vídeos e fotos de redes sociais. É bem confortável ler qualquer tipo de texto no Poco X5 Pro. E como ele tem taxa de atualização de 120 Hz, as animações ficam muito mais fluidas do que em aparelhos que só tem 60 Hz.

Continua após a publicidade

Configuração e Desempenho

O Poco X5 Pro é equipado com o processador Snapdragon 778G, e tem variantes com 6/128 GB e 8/256 GB. Apesar de não ser um modelo gamer – já que não oferece refrigeração avançada – o aparelho consegue rodar bem diversos títulos populares com boa qualidade de imagem.

  • Sistema operacional: Android 13 sob MIUI 14;
  • Plataforma:Qualcomm SM7325 Snapdragon 778G 5G (6 nm);
  • Processador: Octa-core (1x 2,4 GHz Cortex-A78 + 3x 2,2 GHz Cortex-A78 + 4x 1,9 GHz Cortex-A55);
  • GPU: Adreno 642L;
  • RAM e armazenamento: 6/128 GB.
Continua após a publicidade

A configuração do modelo que testei, com 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento, conseguiu rodar e alternar entre apps sem dificuldades. A taxa de atualização de 120 Hz ajuda na fluidez do sistema, deixando as animações e rolagem de páginas mais suaves. Em jogos mais leves e compatíveis com 120 Hz o usuário poderá experimentar taxas de quadros de até 120 fps.

Como citei anteriormente, o Poco X5 Pro não aceita cartões de memória. Isso deve ser levado em consideração se você se interessar pelo aparelho e considerar que 128 GB de armazenamento é pouco para suprir suas necessidades.

Pontuação no AnTuTu

Continua após a publicidade

Veja como o Poco X5 Pro se sai no AnTutu diante de outros aparelhos.

Usabilidade

Continua após a publicidade

A MIUI é uma interface bem completa, que preza por oferecer uma experiência plena ao usuário, sem que ele precise recorrer a apps de terceiros. O problema é que a Xiaomi continua optando por incluir alguns aplicativos que podem não ser úteis e só servem para reduzir o espaço útil de armazenamento.

Pelo menos, a interface do aparelho é leve, o que ajuda no desempenho do sistema, e a economizar bateria. Outro ponto positivo é que a MIUI 14 oferece bom nível e personalização, o que é importante para usuários que curtem deixar o celular de acordo com seu gosto pessoal.

Câmeras

Continua após a publicidade

Os aparelhos Poco sempre tiveram foco no custo-benefício, geralmente oferecendo um hardware com ótimo desempenho, às custas de câmeras bem básicas.

Isso não significa que Poco X5 Pro celular é ruim para fotos, mas já há aparelhos vendidos no Brasil com sensores melhores, e custando menos – considerando a compra do Poco X5 Pro em lojas nacionais. As câmeras do aparelho também não possuem estabilização, necessitando que o usuário saiba fazer as capturas sem tremer as mãos.

  • Principal: 108 MP, abertura f/1.9, autofoco;
  • Macro: 2 MP, abertura f/2.4;
  • Ultrawide: 8 MP, abertura f/2.2;
  • Selfies: 16 MP, abertura f/2.4;
  • Vídeos: 4K a 30 fps (máximo na traseira) e 1080 a 60 fps (máximo na frontal).
Continua após a publicidade

Eu tirei algumas fotos com o recurso de IA e o HDR ligados. Os resultados variam bastante. Em um dia ensolarado, as capturas ficam boas, mas podem estourar a luz de fundo ou deixar as partes com sombra muito escuras.

Isso significa que a faixa dinâmica do sistema de câmeras é limitada. A inteligência artificial também tende a deixar as cores muito saturadas quando ela percebe a presença de vegetação.

O sensor de 108 MP faz um bom trabalho, mas não impressiona com toda essa resolução. De qualquer maneira, essa câmera deverá atender à maioria dos usuários que não precisam de um aparelho avançado.

O sensor macro chega a ser dispensável pela baixa qualidade. Talvez seja melhor usar o sensor principal para tirar fotos de perto e fazer um recorte da imagem.

Já a câmera de selfie se saiu bem, com desempenho relativamente superior ao do sensor principal do módulo traseiro. Eu tirei selfies usando o modo retrato, e à noite, com pouca e bastante iluminação artificial.

Em vídeos, o celular mostrou qualidade razoável. A câmera traseira consegue gravar na resolução 4K em até 30 fps. Já a frontal grava no máximo em Full HD e 60 fps. A nitidez das imagens é boa, mas a falta de estabilização pode degradar a qualidade geral das capturas. Com o celular parado, os vídeos ficam com qualidade bastante aceitável.

Gravação de vídeos

Veja os testes de gravação de vídeos com as câmeras traseira e frontal do Poco X5 Pro.

Sistema de som

O Poco X5 Por tem áudio estéreo, que é útil por oferecer maior imersão e também porque às vezes tapamos a saída de som acidentalmente. Com dois alto-falantes, esse problema será menos comum. O som tem volume alto e deve quebrar o galho se você quiser assistir a filmes e séries e não tiver fones de ouvido ou uma caixa de som.

O modelo ainda conta com uma entrada para fones de ouvido do tipo P2, o que irá agradar os usuários de fones com fio.

Bateria e Carregamento

O Poco X5 Pro tem bateria de 5.000 mAh, e acompanha um carregador rápido de 67 W. O aparelho tem autonomia compatível com seu chipset e tamanho de bateria. O carregamento é bem rápido, ainda mais para quem está acostumado com aparelhos da Samsung.

  • Capacidade de carga: 5.000 mAh;
  • Recarga: 67 W com fio.

No teste padrão do Canaltech, usamos o aparelho com o Wi-Fi ligado, com diversos apps de redes sociais, streaming de vídeos, jogos e um mensageiro instantâneo. O teste consiste em 3h40min de tela ativa em um período de aproximadamente 6 horas.

No final do teste, o Poco X5 Pro havia consumido 28% da carga. Nessas condições, a estimativa total de uso chega a 21h41min, a mesma estimativa do Galaxy A54, cujo chipset tem litografia de 5 nm. Como ambos os aparelhos possuem o mesmo tamanho de bateria, o Poco atingiu uma boa marca, pois, em teoria, seu chipset consome mais energia.

Mesmo assim, para uma variante Pro e um celular com foco no custo-benefício, o aparelho poderia ter uma bateria de 6.000 mAh, no mínimo. Até porque dezenas de modelos nacionais já oferecem bateria de 5.000 mAh, o que faz com que o Poco X5 Pro não se destaque nesse quesito.

Com a bateria esgotada, eu coloquei o celular para carregar, e após 25 minutos conectado, a carga já estava em 67%. A bateria carregou completamente após 51 minutos depois de ter ligado o celular no carregador.

Concorrentes diretos

O Galaxy A53 surge como um bom concorrente do Poco X5 Pro. O modelo da Samsung tem tela Super AMOLED, e é equipado com o chipset Exynos 1280, ao lado de 8 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento. Ele também tem som estéreo, e leva vantagem por ter armazenamento expansível.

No dia a dia, o Galaxy A53 deve oferecer desempenho semelhante ao concorrente da Xiaomi, mas seu chipset é um pouco inferior para jogos. Contudo, o aparelho da Samsung possui um conjunto de câmeras superior.

São quatro sensores traseiros, com 64 MP + 12 MP + 5 MP + 5 MP. A câmera frontal tem 32 MP. Mesmo tendo sensor principal com metade da resolução, a câmera do A53 apresenta imagens com mais detalhes e cores mais vivas.

O Poco X5 Pro é encontrado via importação, com valor girando em torno de R$ 1.500. No Brasil, o aparelho já sai por cerca de R$ 2.200. Já o Galaxy A53 pode ser comprado no Brasil com valor a partir de R$ 1.960.

🛒 Compre o Galaxy A53 no Magalu

🛒 Compre o Galaxy A53 no Zoom

🛒 Compre o Galaxy A53 na Amazon

Vale a pena comprar o Poco X5?

O Poco X5 Pro é um celular intermediário que visa atender usuários com certa experiência com smartphones. O aparelho conta com um bom chipset, tela de alta qualidade e som estéreo. As câmeras são boas, mas são inferiores às de alguns modelos vendidos no Brasil com preço equiparável ou até inferior.

Em desempenho geral, o aparelho cumpre sua função de intermediário que serve bem aos gamers. Há ainda recursos como NFC, leitor de impressões digitais, Gorilla Glass 5 e IP53.

Por ser um lançamento, seu preço no Brasil ainda está salgado. Ele seria um aparelho mais competitivo por aqui se custasse em torno de R$ 1.500. De qualquer forma, os consumidores podem comprá-lo via importação.

🛒 Compre o Poco X5 Pro no AliExpress

🛒Compre o Poco X 5 Pro no Magalu

🛒Compre o Poco X 5 Pro na Amazon