Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Galaxy M35 | Celular com ótimo desempenho e bateria

Por| Editado por Léo Müller | 12 de Junho de 2024 às 18h00

Link copiado!

Review Galaxy M35 | Celular com ótimo desempenho e bateria
Review Galaxy M35 | Celular com ótimo desempenho e bateria

O Galaxy M35 é o novo modelo da linha de celulares intermediários da Samsung, em 2024. Com ficha técnica bastante equilibrada, o smartphone se destaca pela bateria de 6.000 mAh, sendo uma alternativa ao Galaxy A35. Porém, será que vale a pena investir um pouco mais de dinheiro por uma autonomia maior? Confira os detalhes do aparelho no review do Canaltech, a seguir.

Continua após a publicidade

Design não inova, mas tela impressiona

O Galaxy M35 segue o design que a Samsung adota nos aparelhos básicos das linhas Galaxy M e Galaxy A de 2024, com carcaça de plástico e bordas curvadas. Porém, a fabricante colocou um acabamento fosco levemente estilizado com linhas horizontais que ajudaram a diferenciar este modelo.

Na parte de trás, fica o conjunto fotográfico de três lentes alinhadas na vertical e o flash. Já o painel frontal comporta a câmera frontal de 13 MP em um furo. Nas laterais, é possível encontrar os botões de controle de volume, assim como o botão de energia, que também funciona como sensor de impressão digital. O celular também oferece alto-falantes estéreo e dois microfones — um no topo para gravações de vídeo e um embaixo para ligações.

A tela é ótima para reprodução de vídeo, visto que o smartphone oferece um painel Super AMOLED de 6,6 polegadas, com resolução Full HD+ (1.080 x 2.340 pixels). Além disso, a taxa de atualização de 120 Hz deixa não só as animações do sistema, como também as imagens em jogos mais fluidas.

As bordas da tela nas laterais e na parte de cima são maiores do que em outros aparelhos com design parecido, como o Galaxy A35. Essa característica faz o celular parecer antigo e menos sofisticado — o que não é legal para um modelo intermediário.

Continua após a publicidade

Ótimo desempenho no dia a dia

Equipado com chipset Exynos 1380, o Galaxy M35 tem desempenho suficiente para rodar os aplicativos essenciais do dia a dia. O celular ainda tem a vantagem de ter 8 GB de memória RAM, que permite manter diversos apps abertos em segundo plano, sem travar.

No uso diário, o aparelho esquentou pouco, mesmo jogando por cerca de 30 minutos. A temperatura aumenta em jogos com gráficos pesados, como Genshin Impact e Diablo Immortal, que exigem mais da GPU Mali G68. Isso não chega a incomodar as mãos, mas reduz um pouco a taxa de quadros após poucos minutos de jogatina.

Continua após a publicidade

Apesar de utilizar o mesmo chipset dos Galaxy A54 e M54, o Galaxy M35 pontou bem mais no teste de benchmark do AnTuTu. Isso aconteceu graças aos 8 GB de RAM, que impulsionam o desempenho geral do aparelho e ajudam a rodar a interface One UI, da Samsung, sem engasgos.

Câmeras são competentes, mas têm falhas

As câmeras do Galaxy M35 são competentes, mas pecam no balanço de cores e sombras. Usando a lente principal de 50 MP, o celular capta imagens com boa qualidade, inclusive em ambientes com pouca luz.

Continua após a publicidade

Entretanto, nos enquadramentos que misturam muita luz e sombra, o celular tem dificuldade de balancear a iluminação. Isso fica bastante visível na gravação de vídeos ao ar livre e prejudica as imagens.

Por falar em vídeo, a câmera principal conta com estabilização óptica de imagem. As gravações em movimento ficam firmes, mas ainda dá para perceber trepidações dos passos, mesmo com a captação a 60 quadros por segundo. O celular também grava em 4K, mas limitado a 30 fps.

Embora tenha zoom digital até 10x, o Galaxy M35 usa somente 12 MP do sensor para fazer fotos aproximadas. Por isso, a imagem perde bastante qualidade, sendo quase impossível de entender o objeto registrado. Já a câmera frontal de 13 MP entrega selfies de boa qualidade e grava em resoluções de até 4K. Contudo, a gravação pelo sensor se limita a 30 quadros por segundo, em qualquer configuração.

Continua após a publicidade

Bateria realmente tem longa duração

Continua após a publicidade

O destaque do Galaxy M35 é a bateria de 6.000 mAh que garante bastante autonomia durante o dia. No nosso teste padrão — 6 horas de uso direto, alternando entre reprodução de vídeo, redes sociais, uso de internet Wi-Fi e jogos —, o celular utilizou 21% da carga.

Em comparação com o Galaxy M34, do ano passado, o consumo de bateria diminuiu. O chipset Exynos 1380 garante melhor eficiência energética, que também ajuda a aumentar a vida útil da bateria.

O smartphone suporta carregamento rápido de até 25 W, mas o carregador mais potente é vendido separadamente. Na caixa vem um plugue de 15 W que, inclusive, ainda usa conexão USB-A. Isso faz com que a recarga seja bastante demorada. Seria interessante incluir um componente já atualizado para USB-C, pelo menos.

Continua após a publicidade

Recursos e conectividade do Galaxy M35

A Samsung vende o Galaxy M35 já com Android 14 instalado de fábrica. Além disso, o aparelho vem com a One UI 6.1, com recursos de interface iguais aos presentes em aparelhos topo de linha, como o Painel Edge.

Outro recurso interessante é o Samsung Knox Vault — sistema de segurança que protege dados confidenciais, como PINs, senhas e padrões, em um armazenamento separado. Para o M35, a fabricante garante até quatro gerações de atualizações do sistema operacional e até cinco anos de manutenções de segurança.

Continua após a publicidade

Nas conexões sem fio, estão presentes no Galaxy M35: 5G, Bluetooth 5.3, Wi-Fi 6 dual-band e NFC. Neste modelo, a fabricante aposentou o conector de fone de ouvido e trouxe somente a porta USB-C para carregamento, transferência de dados e conexão com acessórios.

Concorrentes diretos

O Galaxy A35 é o principal concorrente do M35. Os dois aparelhos são muito parecidos e, aliás, atendem às necessidades do mesmo público alvo. Apesar de compartilharem o mesmo processador, o Galaxy M35 tem 2 GB a mais de memória RAM e bateria um pouco maior. 

Continua após a publicidade

O Galaxy M35 vale a pena?

O Galaxy M35 vale a pena por ser um celular muito balanceado, que entrega ótimo desempenho e ainda conta com tela de alta qualidade e bateria grande. Embora as câmeras não impressionem, elas ainda são competentes e captam boas fotos em ambientes com luz controlada.

A Samsung lançou o celular por R$ 2.699. Porém, já é possível encontrá-lo no varejo nacional por cerca de R$ 1.400 — custo ideal, considerando as características do produto. Entre os modelos intermediários, o Galaxy M35 é uma das melhores opções de compra nesta faixa de preço.

Continua após a publicidade