ANAC proíbe em voos domésticos o embarque de MacBook Pro 15" que teve recall

Por Rafael Rodrigues da Silva | 28 de Agosto de 2019 às 19h40

Após rumores de que pessoas estavam tendo problemas para despachar MacBooks Pro de 15 polegadas em aeroportos, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) confirmou em um comunicado divulgado nesta quarta (28) que realmente está orientando as companhias aéreas a barrar este aparelho específico em voos domésticos.

De acordo com o comunicado, estão proibidos o embarque — seja por despacho ou como bagagem de mão — de MacBooks Pro de 15 polegadas fabricados entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017. Esses aparelhos atualmente estão em recall, pois possuem um problema de fabricação na bateria que pode fazer com que elas explodam durante o uso.

Contudo, ainda que o comunicado fale sobre proibição de embarque, na prática não é isso que está acontecendo. Segundo relatos das companhias aéreas, os passageiros que possuem esses equipamentos estão podendo embarcar com eles na bagagem de mão, desde que mantenham os aparelhos desligados durante todo o voo e sem ligá-los na tomada para carregá-los, mesmo desligados. Caso o passageiro mostre o comprovante de que já fez a troca da bateria, ele pode usá-lo normalmente.

A medida não é exatamente uma novidade, pois a ANAC está apenas seguindo as orientações de outras autoridades de aviação civil internacional, como a Federal administration Aviation (FAA), dos Estados Unidos, e a European Union Aviation Safety Agency (EASA), da União Europeia. Caso possua um equipamento que seja bloqueado pela ANAC, é recomendado que o leve a qualquer assistência da Apple para que seja feita a troca da bateria e o seu embarque transcorra sem problemas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.