AWS e VMWare confirmam parceria para integração em cloud híbrida

Por Rafael Romer | 13 de Outubro de 2016 às 18h28

Consideradas por muito tempo duas grandes "inimigas" no mercado de tecnologia, as gigantes do setor de nuvem pública, Amazon Web Services (AWS), e de virtualização, VMware, anunciaram oficialmente nessa quinta-feira (13) uma nova parceria para integração dos ambientes de cloud de seus clientes.

Rumores de que a parceria deveria ser revelada nesta semana foram divulgados pela Fortune na última quarta-feira (5), mas até então não haviam sido confirmados por nenhuma das duas empresas.

"Isso é resultado dos nossos clientes nos dizendo do que precisavam e quais eram seus interesses. E o que eles precisavam era de um ambiente híbrido, que apoiasse o movimento para o futuro na nuvem, as necessidades de negócio e planejamentos", afirmou Patrick Gelsinger, CEO da VMware, durante o anúncio conjunto da parceria. "Alguns clientes ainda terão um ambiente grande on premisse, mas querem aquela flexibilidade de se ter um projeto de pesquisa e desenvolvimento na nuvem, por exemplo".

A integração terá um painel de controle unificado para migração de aplicações e workloads entre os ambientes, além de conectar as infraestruturas de clientes VMware aos mais de 70 serviços da AWS – como plataformas de BI e análise de base de dados, por exemplo. Entre as empresas pioneiras no uso da integração, estão a companhia de sistema de armazenamento Western Digital e a distribuidora de alimentos Sysco.

Dentro do portal, clientes VMware também poderão criar novos ambientes AWS com alguns cliques e no mesmo painel de controle de seus sistemas on premisse, escolhendo umas da 13 zonas de disponibilidade da Amazon – que inclui São Paulo –, tamanho da infraestrutura desejada e modelo de pagamento em um único espaço.

Apesar de sua força tradicional no setor de virtualização e nuvem privada, esse não foi o primeiro movimento da VMWare em direção da cloud pública. Em fevereiro, a companhia já havia anunciado uma integração de software com o ambiente SoftLayer, da IBM, que já está em produção em diversos mercados – inclusive no Brasil.

Ainda assim, agora com o alcance gigantesco da nuvem pública da AWS próximo de seus sistemas, a empresa de virtualização terá um pouco mais de "conforto" ao conversar com clientes, muitos dos quais seguiam preocupados com a impossibilidade de manter seus ambientes locais e em nuvem integrados.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.