Apple quer criar o seu próprio chip de gerenciamento de energia para o iPhone

Por Redação | 01 de Dezembro de 2017 às 14h13
TUDO SOBRE

Apple

Um relatório publicado pelo site japonês Nikkei nesta sexta-feira (1) informou que a Apple possui planos para produzir os seus próprios chips de gerenciamento de energia para o iPhone.

Até o momento, a fabricação e distribuição deste tipo de componente, presente nos smartphones da maçã, é feita pela britânica Dialog Semiconductor, o que pode indicar que a parceria entre as duas companhias esteja próxima de um fim. Desde a publicação do relatório, a Dialog viu suas ações despencarem em mais 17%.

Conforme informa a Nikkei, a Apple pode estar trabalhando na criação de um chip de gerenciamento de energia com tecnologia avançada, possibilitando que os próximos aparelhos da maçã ganhem autonomia de bateria superior e gerenciamento de carga mais eficiente.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Este tipo de estratégia também poderia cortar alguns custos operacionais gerados pelo pagamento de royalties para a Dialog, além de ser uma boa oportunidade para alavancar a companhia no mercado de aparelhos móveis com a utilização de uma tecnologia de gerenciamento de energia mais avançada.

Ao que tudo indica, a Apple quer depender cada vez menos de fabricantes de componentes. No começo do ano, a gigante de Cupertino anunciou planos para abandonar a Imagination Technologies, responsável pelo fornecimento de processadores gráficos (GPUs) dos aparelhos da maçã.

Ainda de acordo com o site, a expectativa é a de que a Apple inicie a produção de seus próprios chips entre 2018 e 2019.

Fonte: BusinessInsider via Nikkei

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.