Amazon Music ou Apple Music? Compare vantagens, planos e contras

Amazon Music ou Apple Music? Compare vantagens, planos e contras

Por André Lourenti Magalhães | 20 de Outubro de 2020 às 12h20
André Magalhães/Canaltech

Amazon Music e Apple Music são duas opções de streaming musical que pertencem ao ramo de serviços de duas empresas muito populares. Enquanto o Apple Music surge como uma opção integrada ao iTunes, presente nos dispositivos da Apple, a Amazon inclui uma demonstração do serviço para músicas no pacote Amazon Prime.

Na hora de escolher um streaming, qual das duas é a melhor opção? O Canaltech listou e comparou as duas plataformas em diversos aspectos, como catálogo, planos oferecidos e a disponibilidade entre dispositivos. Confira os resultados abaixo!

Amazon Music x Apple Music: catálogo e conteúdos exclusivos

As duas plataformas trazem conteúdos musicais exclusivos (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Segundo informações cedidas no site do Apple Music, o catálogo do serviço conta com mais de 70 milhões de músicas e vídeos, e todos os assinantes possuem acesso ao acervo completo. O Amazon Music informa que o catálogo do plano Unlimited possui mais de 50 milhões de músicas. O Unlimited é a versão completa do serviço da Amazon, enquanto outros planos oferecem uma amostra com mais de dois milhões de músicas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

As duas plataformas destacam-se por conteúdos originais e exclusivos. O streaming da Apple, por exemplo, possui uma aba de rádio, com programas e playlists curadas por grandes artistas da música, como Elton John, Gorillaz e Travis Scott. Há, também, a Apple Music 1, uma emissora de rádio digital com transmissão 24 horas por dia. A seção ainda oferece entrevistas e outros materiais em áudio e vídeo.

Amazon Music, por outro lado, oferece a seção Amazon Originals. Reúne sessões exclusivas, remixes inéditos e covers famosos. Mumford & Sons, Ellie Goulding e AURORA são alguns artistas que possuem materiais exclusivos para a plataforma.

Amazon Music x Apple Music: funções e compatibilidade

As duas plataformas trazem funções conhecidas e presentes nas principais opções de streamings musicais. Existe conteúdo personalizado com sugestões de acordo com os artistas mais ouvidos, playlists separadas por temas, estações e principais paradas. Além disso, há a possibilidade de criar playlists, compartilhar músicas e salvá-las na biblioteca.

Nesse quesito, um ponto positivo para o Apple Music é a possibilidade de pesquisar canções por trechos da letra. Para a Amazon Music, há o destaque de utilizar a assistente virtual Alexa dentro do app.

Pesquisa no Apple Music pode ser feita por trechos da letra (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Os serviços são encontrados em em diversos dispositivos: háa versão para web, aplicativos para celulares, versões para desktop e suporte com apps para automóveis. Os dispositivos da Amazon, como o Echo dot e o Echo Show, possuem integração com os dois serviços – existe, inclusive, planos específicos do Amazon Music para uso nos aparelhos da empresa. Na reprodução em TVs, é necessário utilizar os respectivos gadgets das empresas: Apple TV para o Apple Music e Amazon Fire TV para a Amazon Music.

Amazon Music x Apple Music: planos

Interface do Amazon Music em navegadores (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

O Amazon Music oferece três planos diferentes: o Music Free, gratuito com catálogo limitado e anúncios; o Amazon Prime Music, incluso dentro do Amazon Prime, sem anúncios e com catálogo limitado, vendido por R$9,90 ao mês ou R$ 89,90 no plano anual; e o Amazon Music Unlimited, com catálogo completo.

O plano Unlimited disponibilizado a R$16,90 por mês ou R$169,90 por ano na assinatura individual, e R$25,90 por mês ou R$259,90 por ano no plano familiar, comportando até seis usuários. Por fim, o plano Echo, exclusivo aos dispositivos da empresa, é oferecido por R$6,90 ao mês.

O Apple Music disponibiliza três assinaturas diferentes, todas com o mesmo acesso aos recursos e catálogo. O plano universitário pode ser assinado por R$8,50 ao mês mediante comprovação. O plano individual é oferecido por mensalidades de R$16,90, enquanto o plano familiar, comportando até seis pessoas, custa R$25,90 ao mês.

O streaming musical também fará parte do Apple One, que concentra todas as assinaturas da empresa, mas ainda não possui data de lançamento. Contemplando Apple Music, Apple TV+, Apple Arcade e iCloud, poderá ser assinado por R$26,50 ao mês no plano individual e R$37,90 ao mês na versão familiar, comportando até cinco pessoas.

Amazon Music x Apple Music: qual o melhor serviço?

Considerando os planos, os valores apresentados e os dispositivos compatíveis são semelhantes. Entretanto, o Apple Music leva vantagem no conteúdo, com maior catálogo e uma interessante variedade de rádios e programas exclusivos. Cabe ao usuário decidir em qual plataforma ele possui uma melhor experiência. Para isso, vale a pena conferir os períodos de teste gratuitos que cada um dos serviços oferece.

Qual o seu favorito? Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte: Amazon, Apple

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.