Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Transações digitais no setor de educação crescem 74% em 2022, diz pesquisa

Por| Editado por Claudio Yuge | 16 de Dezembro de 2022 às 22h30

Link copiado!

Pexels/CDC
Pexels/CDC

Os pagamentos digitais em serviços educacionais cresceram no Brasil em 2022. Segundo dados levantados pela Visa Consulting & Analytics (VCA), o número de transações no primeiro semestre aumentou 74,6% em comparação com o ano anterior. O estudo ainda ressalta o mês de junho que, por marcar o período de rematrícula, resultou em um aumento de 119% em transações.

O levantamento ainda observou a quantidade média de transações digitais realizadas presencialmente, que obteve um crescimento de 93% entre o primeiro semestre de 2021 e 2022. Paralelamente, as transações online na mesma categoria aumentaram 41,4% durante o mesmo período. Através dos dados, o time da Visa notou que, mesmo após o retorno das atividades presenciais, os consumidores continuaram adotando os canais de pagamento digitais.

O movimento das empresas de manter as suas plataformas de pagamento online ativas está alinhado ao investimento que a Visa fez em soluções para prevenção de fraudes. A empresa investiu mais de US$ 9 bilhões em segurança nos últimos cinco anos, além de contar com mil especialistas para proteger sua rede contra malwares, ataques de dia zero e ameaças internas.

Continua após a publicidade

Os estados que mais se destacaram no primeiro semestre de 2021 e 2022, registrando a maior quantidade de transações de pagamentos digitais no segmento de educação, foram: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná. Somente em São Paulo, o aumento foi de 87,2%.

Para Oscar Pettezzoni, diretor-executivo da VCA, o crescimento é muito positivo devido à importância do setor da educação para o país, visto que as transações eram tradicionalmente realizadas por boleto bancário. "Com estes dados, somos capazes de perceber a influência que a experiência do pagamento digital tem para os consumidores. Vemos uma conscientização deles e das empresas, que vai além da praticidade. É a confiança de estar realizando uma transação com segurança em um setor que muda vidas", conclui.

Cresce a adesão de pagamentos digitais

Com a chegada do PIX, os brasileiros se tornaram mais adeptos às tecnologias de pagamento, seja por aproximação, carteiras digitais, QR Code, entre outros. Após o seu aniversário de 2 anos, o Pix se tornou a principal ferramenta de transferência de dinheiro, alcançando o recorde de 99,4 milhões de transações em apenas um dia.

Um estudo apontou que 41% dos brasileiros dão prioridade para meios de pagamento digitais sob o uso de dinheiro em espécie ou cartões físicos. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), os pagamentos por aproximação registraram 37,7% em setembro de 2022.