Tim Cook acumulou renda de US$ 701 milhões desde que se tornou CEO da Apple

Por Carlos Dias Ferreira | 31 de Agosto de 2018 às 15h50
Tudo sobre

Apple

Conforme revelado recentemente, o marco alcançado pela Maçã (que se tornou em 2018 a primeira empresa do setor de TI a atingir um valor de mercado de US$ 1 trilhão) gerou a Tim Cook, CEO da companhia, um prêmio de 560 mil ações da AAPL, no valor total de US$ 125 milhões. De acordo com a contabilidade da financeira Equilar, isso representa uma renda total acumulada de US$ 701 milhões desde 2011, quando Cook assumiu o cargo.

De fato, conforme apontou o site Business Insider, a maior parte desse valor foi gerada por participação acionária do CEO — seja em premiações diretas ou via opções de compra (com ações adquiridas por valores consideravelmente mais baixos do que os de mercado).

Mesmo tendo vendido pelo menos US$ 127 milhões em papéis da Apple logo após a premiação recente, estima-se que Cook ainda possua mais de 800 mil ações da companhia, totalizando algo em torno de US$ 195 milhões, considerando-se os valores atuais do pregão. Nisso se incluem também 7 milhões de ações recebidas logo que o executivo foi indicado para o cargo — papéis que praticamente quadruplicaram de valor desde 2011.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Tim Cook foi premiado com 560 mil ações da Apple após a companhia bater a marca de US$ 1 trilhão, totalizando rendas acumuladas de US$ 701 milhões desde que assumiu o cargo, em 2011; O CEO afirmou que pretende doar ainda em vida a maior parte da sua riqueza. (Foto: reprodução/Apple)

A dianteira é de Mark Zuckerberg

De acordo com a Equilar, os rendimentos do diretor executivo da Apple ficam atrás apenas dos de Zuckerberg, do Facebook — e isso por uma ampla margem, na verdade.

“O único CEO que acumulou valores maiores durante o mesmo período foi Mark Zuckerberg, que exerceu opções de compra de 1,2 milhão de ações durante os últimos dois anos”, disse o analista sênior da financeira, Alex Kowlton. Considerando-se que o preço de exercício (valor preferencial) disponível para Zuck é de US$ 0,06, o total acumulado pelo executivo foi de praticamente US$ 5,8 bilhões.

Mas o cabeça da Apple não parece particularmente interessado em competições de renda. Cook doou recentemente cerca de US$ 5 milhões em ações da Maçã para uma instituição de caridade não identificada. Além disso, o CEO afirmou em 2015 que doaria ainda em vida a maior parte da sua riqueza acumulada.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.