Samsung prevê crescimento de 58% em seu lucro no terceiro trimestre de 2020

Por Rui Maciel | 08 de Outubro de 2020 às 14h15
DennisM2/Wikimedia
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

Em conversas com analistas do mercado, a Samsung previu que seu lucro operacional cresceu 58% no terceiro trimestre de 2020, saltando para mais de US$ 10 bilhões. Trata-se do melhor resultado da companhia nos últimos dois anos.

Um dos fatores que contribuiu para esse resultado seriam as restrições dos EUA a Huawei, o que permitiu um aumento nas vendas de smartphones e chips da gigante sul-coreana de tecnologia. Além disso, a fabricante chinesa também se apressou em encomendar mais chips da Samsung, depois que o governo norte-americano bloqueou o acesso aos chips a partir de meados de setembro.

"Parece que o impacto da Huawei nos negócios de chips da Samsung foi maior do que o mercado esperava, e houve uma grande surpresa nos negócios de smartphones e eletrodomésticos", disse CW Chung, chefe de pesquisa da Nomura na Coréia.

Um aumento no sentimento anti-China na Índia, após um confronto de fronteira em junho, também é visto como um impulso para a Samsung, que compete com a Xiaomi e outros rivais chineses por lá.

Os resultados que devem ser apresentados pela Samsung nas próximas semanas em seu balanço financeiro superam as expectativas dos analistas. A consultoria Refinitiv SmartEstimate previu que a compahia sul-coreana teria um lucro operacional de US$ 9,01 bilhões. Esse é o resultado mais promissor da empresa deste o terceiro trimestre de 2018, quando ela registrou lucros de US$ 15,2 bilhões.

Preocupação para o quarto trimestre

O balanço financeiro do terceiro tri da Samsung deve trazer ainda outros números animadores. A receita da empresa aumentou 6% em relação ao mesmo período do ano anterior, indo para US$ 57,2 bilhões, disse a empresa. No entanto, as ações da companhia registraram queda de 0,3% nesta quinta-feira. Isso porque o mercado demonstrou preocupação com os preços dos chips de memória e as perspectivas de incertezas para o quarto trimestre.

Os analistas duvidam que o lucro do quarto trimestre da Samsung possa superar o terceiro, já que os preços dos chips de memória estão caindo e um novo modelo do iPhone da Apple é esperado no mercado.

"Muitos consumidores estavam relutantes em comprar telefones Huawei porque pensavam que a empresa poderia interromper as vendas e serviços de seus aparelhos por causa das restrições dos EUA", disse Tom Kang, analista da Counterpoint, acrescentando que a Samsung aumentou as vendas de telefones intermediários e low end.

A consultoria de mercado Trendforce espera que os preços dos chips DRAM caiam cerca de 10% no final do trimestre, já que a demanda da indústria de servidores ainda não teve uma recuperação notável. Isso ocorre mesmo com rivais da Huawei, como Xiaomi, OPPO e Vivo, todos urgentemente estocando componentes-chave e fornecendo algum suporte para o mercado de chips DRAM móveis.

A divisão de eletrodomésticos da Samsung também apresentou bons números na esteira da pandemia. Isso porque os consumidores ficaram estimulados a gastar mais em eletrodomésticos como purificadores de ar.

A LG, principal rival da Samsung no mercado de eletrônicos na Coreia, também disse nesta quinta-feira que provavelmente teve seu maior lucro operacional no terceiro trimestre em anos,registrando US$ 831milhões, fato que os analistas atribuíram às fortes vendas de eletrodomésticos e TVs.

A Samsung divulgou apenas dados limitados nesta quinta-feira, obrigatórios para o processo regulatório de uma companhia aberta. A divulgação detalhada de seus resultados ocorrerá até o final deste mês. As ações da empresa ganharam cerca de 7% até agora este ano.

Fonte: Reuters  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.