Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Microsoft e Apple desistem de fazer parte do conselho da OpenAI

Por| 10 de Julho de 2024 às 10h56

Link copiado!

Andrew Neel/Pexels
Andrew Neel/Pexels

A Microsoft e a Apple não vão mais integrar o Conselho de Administração da OpenAI, empresa por trás do ChatGPT e outros recursos de inteligência artificial. O recuo das gigantes do mundo da tecnologia veio à tona nesta quarta-feira (10) em meio ao avanço global da regulamentação da IA, mais especificamente nos Estados Unidos e na Europa.

Segundo o jornal Financial Times, a Microsoft entregou uma carta para anunciar a saída imediata do conselho. A companhia, cabe ressaltar, tem uma parceria de longa data com a OpenAI e integrava o board como observadora, sem direito a voto.

O documento foi assinado pelo vice-conselheiro geral da Microsoft, Keith Dolliver. Na carta, o executivo pontuou que a posição deu a oportunidade de testemunhar “progressos significativos por parte do conselho” e que está confiante “na direção da empresa” ao justificar que a participação não era mais necessária — mas a parceria permanece de pé.

Continua após a publicidade

A participação da Apple em uma posição similar após a parceria que levou o ChatGPT à Siri do iOS 18 também era esperada. Contudo, a companhia também não vai fazer parte do conselho da OpenAI, conforme apontado por pessoas a par do assunto ouvidas pelo periódico britânico.

OpenAI agradece participação da Microsoft

Ao Financial Times, a OpenAI informou que estava grata à Microsoft “por expressar confiança no conselho e na direção da empresa” e que espera continuar a “parceria de sucesso” entre as companhias.

Procurada, a Apple informou ao Canaltech que não tinha comentários sobre o assunto. 

A Microsoft, por sua vez, não respondeu às solicitações de contato da reportagem até a publicação. A matéria será atualizada se a Microsoft se posicionar sobre o caso.

Fonte: Financial Times