Google e outras empresas investem US$ 205 milhões na Neuralink de Elon Musk

Google e outras empresas investem US$ 205 milhões na Neuralink de Elon Musk

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 30 de Julho de 2021 às 19h00
Reprodução / YouTube

Em operação liderada pela Vy Capital, a Neuralink, empresa de Elon Musk que atua no segmento de interfaces entre cérebro e computador, obteve US$ 205 milhões (pouco mais de R$ 1 bilhão na cotação atual). Os investidores incluem a Google Ventures, o Peter Thiel's Founders Fund e Sam Altman, CEO da OpenAI. Ao todo, a companhia já captou US$ 363 milhões (R$ 1,9 bilhão).

Os resultados divulgados pela Neuralink são significativos. Por enquanto, os implantes foram testados em chimpanzés e porcos. O próximo passo é testá-los em humanos, especialmente indivíduos com paralisia grave ou tetraplégicos, que têm dificuldade para interagir com a maioria dos dispositivos tecnológicos atuais.

O primeiro produto da empresa é o N1 Link. Segundo Musk, ele vai transmitir dados via conexão sem fio. "Os fundos obtidos nesta rodada serão usados para levar os implantes ao mercado e acelerar pesquisas e desenvolvimento de produtos futuros.”

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/YouTube/Neuralink

Protótipo pequeno

Um protótipo apresentado ao público em agosto de 2020 mostra um dispositivo pequeno, que poderia ser instalado sem a necessidade de hospitalização ou anestesia. Na ocasião, Musk mostrou porcos que receberam o implante para atestar a segurança da tecnologia.

Enquanto um deles tinha mais de um implante, o outro tinha tido o dispositivo removido e foi apresentado para mostrar a reversibilidade da aplicação, que pode ser retirada ou atualizada. Um dos engenheiros do projeto explicou a escolha: o crânio dos porcos tem espessura semelhante ao humano e uma membrana cerebral similar.

Fonte: Exame

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.