Parceria entre Apple e IBM entrega a primeira leva de aplicativos

Por Redação | 10.12.2014 às 17:05

A Apple e a IBM estão juntas numa parceria para a produção de aplicativos com foco no ambiente móvel corporativo desde julho deste ano, em uma divisão chamada IBM MobileFirst for iOS Solutions. E, nesta quarta-feira (10), foram anunciados os primeiros aplicativos desse trabalho conjunto.

"A colaboração permite à IBM tirar proveito da lendária experiência da Apple e sua excelência em design de produto", elogia Bridget van Kralingen, a vice-presidente sênior da IBM Global Business Services, em comunicado destacado pelo Mashable.

Os aplicativos foram desenvolvidos a partir da nova linguagem de programação da Apple para iOS, a Swift, e todos foram projetados para as empresas trabalharem diariamente com a indústria de análises da IBM e serviços em nuvem. Os apps também já vêm com uma camada a mais de segurança, sob supervisão da própria IBM.

Todos os novos softwares têm foco na mobilidade. O Advise & Grow, por exemplo, foi desenvolvido para banqueiros enquanto eles estiverem visitando clientes de pequenas empresas. Com ele é possível usar uma conexão segura para acessar perfis de clientes e análises competitivas, reunir dados analíticos e fazer recomendações personalizadas, além de concluir transações.

O Case Advice, destinado a governantes, engloba a carga de trabalho e apoio de assistentes sociais e seus trabalhos com as famílias. Já o Sales Assist, com foco no varejo, permite aos usuários conectar perfis de clientes e fazer sugestões a partir de informações atuais e compras anteriores, incluindo a localização de itens na loja e no estoque.

Um dos destaques é o Plan Flight, que administra as despesas com companhias aéreas, permitindo a pilotos analisarem horários e planos de voo e tripulação. O app também permite ao usuário relatar problemas para que as equipes em terra possam tomar as decisões mais adequadas sobre combustível, por exemplo.

"O combustível é a maior despesa operacional de uma companhia aérea, então, reduzir seu uso é fundamental para nós", comenta o vice-presidente da Air Canada, Jim Tabor, sobre o Plan Flight. "Atualmente, os despachantes e pilotos é que determinam o quanto de combustível extra precisa ser carregado a bordo no avião, com base, em grande parte, nos fatores atualizados e julgamento individual", disse Tabor. Com o aplicativo, será possível mensurar melhor a quantidade a ser gasta a partir de recomendações formuladas a partir das condições meteorológicas, dados de histórico, entre outros.

A parceria vem de uma demanda crescente de grandes grupos e empresários que acabam criando seus próprios softwares personalizados e depois precisam se conectar a estruturas já padronizadas para desktops e laptops. Com o trabalho conjunto, a IBM pode levar seu conhecimento e estrutura para armazenamento e análise de dados, assim como o serviço em nuvem. Já a Apple sai ganhando no seu planejamento de levar os iPads para o ambiente corporativo, inclusive com uma versão ainda maior, específica para profissionais.

Essa manobra também vai permitir a ambas as empresas, especialmente a IBM, conquistar as grandes contas, de clientes-chave da indústria, ligados a transporte, governo, finanças e varejo. Ou seja, muitos dos quais já usam algum tipo de software ou serviço da companhia, o que permitiria um ecossistema integrado de aplicativos.

A grande dificuldade dessa parceria é a venda desses aplicativos, já que eles não serão comercializados da forma tradicional. Não será possível o empresário interessado baixar o software via App Store e já sair utilizando, por exemplo. Há toda uma análise, integração e aprovação do app antes de seu funcionamento.

Até agora, a parceria da Apple e IBM tem apenas poucas empresas colaboradoras do projeto, como Citi, Air Canada, Sprint e o banco mexicano Banorte. Para saber mais sobre os aplicativos, basta acessar o site oficial.

Fonte: http://mashable.com/2014/12/10/apple-ibm-mobilefirst-apps/?utm_campaign=Feed%3A+Mashable+%28Mashable%29&utm_cid=Mash-Prod-RSS-Feedburner-All-Partial&utm_medium=feed&utm_source=feedburner