Intel aposta no Bay Trail para tablets, mas não esquece os desktops

Por Gabriel Tonobohn | 08 de Novembro de 2013 às 14h44

Do Intel Press Summit, em Florianópolis*

Enquanto tenta ganhar espaço no mercado de tablets e smartphones, a Intel também não deixa de lado um dos mercados que fizeram a empresa chegar aonde está hoje: o de desktops.

Durante o Intel Press Summit 2013, evento para imprensa que acontece até este sábado em Florianópolis, Fernando Martins, presidente da Intel Brasil, afirmou que o mercado de desktops ainda é forte no Brasil, e a Intel não pretende desistir dele tão cedo. Martins explicou que 55% dos consumidores que fazem a primeira compra de PC ainda procuram desktops. Além disso, os desktops foram responsáveis por 41% de todas as vendas de dispositivos equipados com chipsets da Intel no país nos últimos quatro trimestres.

Para um mercado que decresce ano a ano no mundo, os números no Brasil ainda são bem fortes. E a Intel aposta que o "futuro dos desktops" – enquanto ainda tiverem futuro – está nos modelos all-in-one, que unem todos os componentes do computador dentro do display.

Segundo Fernando Martins, os all-in-ones ainda apresentam vantagens para o consumidor, por serem mais baratos. Sem a complexidade da implementação de baterias e a limitação de espaço físico, eles se tornam dispositivos mais simples de serem fabricados e, portanto, mais baratos.

Aposta em tablets com o Bay Trail

A Intel aproveitou o evento para demonstrar diversos protótipos de tablets rodando a nova geração de chipsets conhecida como Bay Trail. Desde tablets com Android ou Windows RT e Windows 8, rodando games com gráficos mais pesados, como Batman: Arkham City, a performance foi bem satisfatória, sem atrasos ou engasgos.

Infelizmente para a empresa, atualmente estão no mercado apenas dois tablets com chipset Bay Trail: o Asus T100 e o Dell Venue 8. Em breve, chega ao Brasil também o novo CCE Motion.Tab TE71, anunciado durante o evento.

CCE Motion.Tab

O CCE Motion.Tab é um tablet bastante simples, com tela de 7 polegadas, Android 4.0, Wi-Fi e Bluetooth, sem 3G ou 4G. Ele vem com uma câmera de 2 MP traseira e VGA frontal, 8 GB de armazenamento com slot para expansão via microSD, 1 GB de RAM, conexão USB e mini HDMI.

Apesar de ter 7 polegadas, ele não é assim tão pequeno, com dimensões de 198,8 x 130 x 12 mm, principalmente devido às grandes – e estranhas – bordas. Ele também não é muito leve, pesando 384g. A parte traseira parece ser emborrachada, mas na verdade é feita de plástico.

O diferencial fica por conta do preço, assim como ocorre com a maioria dos produtos da CCE. Por R$ 499, ele talvez seja um bom presente para seu filho no final de ano, para que ele possa jogar e se divertir sem mexer no seu tablet pessoal.

*O repórter viajou a convite da Intel.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.