Publicidade

Que peixe bizarro é esse que "brotou" no mar da Califórnia?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 27 de Outubro de 2023 às 14h48

Link copiado!

mark6mauno/Wikimedia Commons
mark6mauno/Wikimedia Commons

No último dia 13, um peixe bizarro foi encontrado às margens do Crystal Cove State Park, (Califórnia, EUA) em uma raríssima aparição. Trata-se de uma espécie chamada peixe-pescador-das-profundezas (Melanocetus sp.), parente muito próxima do tamboril. Os norte-americanos chamam de Pacific Footballfish.

A espécie é conhecida principalmente por sua característica mais marcante: uma "antena" no topo de sua cabeça. Na ponta desse talo há um pequeno órgão chamado esca, que contém milhões de bactérias bioluminescentes. O parente do tamboril usa essa luz para atrair a presa.

Nas redes sociais, a página CA State Parks compartilhou um registro do peixe e comentou que essa é a primeira aparição da espécie desde 2021, o que nos diz sobre a raridade em que ele é encontrado na superfície.

Continua após a publicidade

Nesse último caso, em maio de 2021, a espécie foi encontrada por um visitante e agora está abrigada no Museu de História Natural de Los Angeles. A última descoberta foi coletada pelo Departamento de Pesca e Vida Selvagem da Califórnia para pesquisa.

O peixe em questão é considerado um dos animais super estranhos que moram nas profundezas dos oceanos. A espécie conquistou popularidade principalmente depois de ser retratada no filme Procurando Nemo (2003), da Pixar. Na cena, vemos Dory e Marlim atraídos justamente pela bioluminescência do predador:

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Bioluminescência

A bioluminescência é a incrível capacidade que alguns seres vivos têm de emitir luz por conta própria. Em algumas espécies, é utilizada como mecanismo de defesa, ou ainda para atrair parceiros. Em outros casos, ocorre por conta da alimentação.

O fato é que a luz é gerada graças a uma enzima chamada de luciferase, capaz de oxidar uma substância denominada luciferina, e os animais agraciados com essa característica acabam formando um verdadeiro espetáculo. Anteriormente, listamos animais incríveis que produzem luz naturalmente, tal como esse peixe bizarro encontrado nos EUA.

Fonte: CA State Parks