Publicidade

Onda de calor | Oito estados devem bater os 40 ºC em dezembro

Por| Editado por Luciana Zaramela | 11 de Dezembro de 2023 às 19h39

Link copiado!

Gerd Altmann/Pixabay
Gerd Altmann/Pixabay

Antes de 2024, ainda teremos mais uma onda de calor no Brasil — pelo menos oito estados estão com previsão de temperatura de até 40 ºC a partir da próxima quinta-feira (14). São eles Bahia (na parte oeste), Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso (na parte sul), Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo (na parte norte) e Tocantins (na parte sul).

Ondas de calor ocorrem quando uma temperatura de cinco graus acima da média local permanece por mais de cinco dias. A previsão de meados de dezembro fica entre os dias 14 e 20, pouco antes da chegada do verão, que começa no dia 22 deste mês. Com um ano de 2023 recordista em calor, o Brasil passou por quatro ondas de calor em um período de quatro meses, com a próxima sendo a quinta do ano.

Continua após a publicidade

As últimas instâncias ocorreram em agosto, setembro, outubro e novembro. Segundo informações do Climatempo, esta onda de calor terá uma duração menor do que as anteriores, mas, com os dias mais longos e maior umidade relativa do ar, a sensação de incômodo poderá ser maior durante as temperaturas intensas, que podem estar de 3 ºC a 5 ºC mais altas do que a média.

Previsão para outros estados

Fora os oito estados afetados pela onda do calor, as outras unidades da federação devem registrar temperaturas dentro da média do verão. O verão, que chega dentro de pouco mais de uma semana, significa que o hemisfério sul fica mais exposto ao sol, e as poucas chuvas providenciam poucas nuvens para ajudar a impedir a passagem do calor. As temperaturas devem, sim, subir em outros estados, mas não ao ponto de caracterizar uma onda de calor.

Nos três estados da região sul, deve haver alta de temperatura dentro da média, com previsão de continuação das chuvas, que devem ficar, no entanto, menos intensas do que vêm sendo nas últimas semanas. Entre as razões para a precipitação acentuada, está o El Niño, que aquece os mares e causa chuvas no sul e seca no norte do país.

Continua após a publicidade

Fonte: Metsul Meteorologia, Climatempo