Descoberta arqueológica asteca será enterrada no México por falta de verba

Descoberta arqueológica asteca será enterrada no México por falta de verba

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 05 de Agosto de 2021 às 20h20
The National Institute of Anthropology and History (INAH)

Em 2019, nos arredores da Cidade do México, arqueólogos do Instituto Nacional de Antropologia e História encontraram relevos astecas esculpidos em um túnel de 400 anos. Agora, a descoberta que poderia trazer informações importantes para a história do local terá que ser enterrada novamente por não haver fundos suficientes para proteção e manutenção.

O túnel teria sido construído no início de 1600 para substituir um sistema de controle de enchentes de 200 anos atrás, criado para proteger a Cidade do México. Antes, a cidade era uma ilha cercada de lagos rasos, passando por enchentes periódicas, e em 1521, partes do sistema foram destruídas após a conquista da região pelos espanhóis.

Foto: Reprodução/Edith Camacho/The National Institute of Anthropology and History (INAH)

Segundo os arqueólogos mexicanos, as gravuras no túnel contavam com símbolos astecas que seriam exibidos à população, plano que acabou sendo prejudicado com a chegada da pandemia da COVID-19. O instituto diz que o projeto arqueológico terá que ser adiado para priorizar a verba do governo à saúde pública, mas espera que, algum dia, tenha dinheiro suficiente para poder fazer a exibição.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Foto: Centro INAH Estado de México

Especialistas acreditam que os símbolos tenham sido inscritos no túnel pelo fato de que os indígenas eram a maioria da força de trabalho na época. Esses entalhes eram feitos em pedras usadas na construção de casas e igrejas da era colonial.

 

Fonte: Gizmodo, AP, Gobierno de Mexico  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.